Dicas

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 31/07/2016

14 dicas para se livrar dos gases

gastrite_1

As causas dos gases são muitas e vão desde alergias alimentares, até determinados tipos de medicamentos. Para evitar o problema ou combatê-lo, basta adotar hábitos mais saudáveis. Confira abaixo 14 dicas para se livrar deste incômodo:

 

1. Evite cintos e roupas apertadas: Pode dificultar a respiração e facilitar a entrada de ar inadequada.

 

2. Hidratação: Beber cerca de 1 litro e meio de água ao dia é o suficiente para manter o corpo hidratado. O consumo de fibras com pouca ingestão de líquidos pode piorar a quantidade de gases.

 

3. Pratique atividades físicas: Se a atividade física garante saúde física e mental, não poderia ser diferente com relação aos gases. Exercitar-se faz com que o estímulo dos movimentos do intestino se aprimore.

 

4. Silêncio e com calma: Não conversar enquanto se alimenta reduz o ar engolido entre as garfadas e diminui o acúmulo de gases. É comum pessoas muito ansiosas engolirem ar juntamente com os alimentos. Não tenha pressa e mastigue bem.

 

5. Pare de fumar: O fumo compromete a boa respiração e também facilita a entrada de ar inadequada.

 

6. Evite lactose: Grande parte dos problemas digestivos estão associados a alguma alergia ou intolerância à lactose. Para comprovar, peça para seu médico indicar exames.

 

7. Fuja do gás Carbônico: O consumo de bebidas gaseificadas aumenta a quantidade de gases no estômago e parte deles pode passar para o intestino delgado, causando gases.

 

8. Consuma menos gordura: Diminua a quantidade de gordura na sua dieta. Em excesso, são mais difíceis de serem digeridas e podem causar azia e má digestão.

 

9. Calmaria intestinal: Um estudo realizado pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), concluiu que o chá de hortelã diminui a contração de certos músculos intestinais, o que evitaria o acúmulo de gases. O óleo de hortelã-pimenta também produz o mesmo efeito.

 

10. Fibras, mas nem tanto: Frutas, legumes, verduras, arroz, massas e biscoitos integrais são opções saudáveis, mas para quem tem gases, é preciso hidratar-se. Caso contrário, as fibras desses alimentos se acumulam e não são digeridas pelo estômago.

 

11. Ervas do bem: Como o funcho e o sabugueiro, a erva-doce combate o intestino preso. Foi o que concluiu a pesquisa realizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Com um funcionamento normal, os gases não se acumulam.

 

12. Potássio na medida: Se presente na alimentação de forma equilibrada, esse nutriente, juntamente com o sódio, regula a entrada e saída de água das células: todos os sistemas passam a funcionar melhor.

 

13. Refeições secas: Beber enquanto se come não necessariamente aumenta os gases (exceção feita aos refrigerantes ou leite). Mas, com sua ajuda, come-se mais depressa e engole-se maior quantidade de ar. Além disso, os líquidos retardam o processo digestivo.

 

14. Cuidado com os vilões: Feijão, lentilha repolho e couve devem ser consumidos em menor quantidade por serem ricos em fibras e aminoácidos com grande poder de fermentação.

 

Revista VivaSaúde edição 123