Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 30/07/2014

16 dependentes químicos são encaminhados para tratamento

INTERNACAO-COMPULSORIA-DE-DEPENDENTES-QUIMICOS-EM-SP A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedeso) encaminhou 16 dependentes de substâncias psicoativas para tratamento voluntário em comunidades terapêuticas. A iniciativa é fruto das ações promovidas através do programa “Crack, é possível vencer!” durante o período de abril a junho deste ano.

 

O secretário da Sedeso, Ildes Ferreira, explica que o encaminhamento para tratamento é realizado de forma voluntária, através do convencimento dos usuários de entorpecentes sobre a possibilidade de tratamento para se livrarem das drogas. Observa que somente desta forma estas pessoas podem voltar a ter uma vida normal e serem reinseridas na sociedade e em suas próprias famílias.

 

O trabalho de convencimento vem sendo promovido por assistentes sociais e psicólogos da Sedeso, com apoio do aparato do programa “Crack, é possível vencer!”, que também envolve a segurança promovida por guardas municipais, utilizando quatro motocicletas e mais dois automóveis do programa.

 

Ildes Ferreira explica que o tratamento é realizado em 11 comunidades terapêuticas conveniadas com o programa na Bahia. “O tratamento dura entre seis a nove meses e após este período tem o acompanhamento visando a reinserção do indivíduo no seio da família”, observou.

 

Dentre as pessoas assistidas pelo programa visando tratamento em comunidades terapêuticas, alguns são residentes em Feira de Santana enquanto outros vêm de diversas cidades da região e se encontram em situação de rua. Após o tratamento, as pessoas são encaminhadas para seus municípios de origem.

 

As informações são da Secom.