Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 05/06/2017

Chegada de novo treinador traz esperança para alguns jogadores do Bahia

Se a saída de Guto Ferreira foi lamentada por muitos, há quem tenha encontrado, na situação, uma motivação extra. Como acontece em qualquer clube, a mudança no comando técnico renova as esperanças, principalmente de quem está jogando menos.

 

Confiando nessa tese, o volante Juninho acredita que o elenco está bastante motivado em mostrar serviço ao novo treinador. “Sempre o recomeço dá esperança para todos os jogadores que tinham poucas chances e até mesmo os que vinham jogando, têm que trabalhar mais, se dedicar mais, pois é vida nova. Todo mundo buscando seu espaço para ganhar a confiança do professor, para quem sabe virar titular da equipe”, analisou.

 

Com a ausência de Régis, Juninho deve ser titular da equipe nesta segunda-feira (5), contra o Atlético Goianiense, às 20h, na Fonte Nova. O posicionamento do jogador, no entanto, ainda é um mistério, apesar dele deixar claro a sua preferência.

 

“Me sinto mais à vontade de volante mesmo. Se vai ser primeiro ou segundo, tem pouca diferença. O primeiro fica mais de contenção, mas joga de frente, como eu gosto. De segundo tem a chegada que eu posso finalizar de fora, participando mais da parte ofensiva. De meia é uma posição que não me sinto tão bem, mas sempre que puder, vou tentar ajudar”, explicou.

 

Jorginho treinou as duas situações táticas para a equipe. Pode atuar no 4-1-4-1, recuando Juninho, ou manter o 4-2-3-1, o mesmo esquema utilizado por Guto Ferreira.

 

Correio