Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 17/05/2016

70 por cento podem perder o Bolsa Família por não cumprirem condicionalidade

2

O programa Bolsa Família é uma importante ferramenta voltada ao enfrentamento da pobreza e a emancipação das famílias em situação de vulnerabilidade. O compromisso do setor de saúde é ofertar serviços que visem o cumprimento do calendário de vacinação e acompanhamento do crescimento e desenvolvimento das crianças menores de sete anos, acompanhamento de gestantes, assistência pós-parto, e a vigilância nutricional.

 
Entretanto, a coordenadora do Setor de Nutrição da Secretaria Municipal de Saúde, Kátia Celeste, evidencia a ausência dessas famílias nas unidades para os respectivos acompanhamentos. “Hoje só temos 30% das famílias localizadas e acompanhadas”.

 
Segundo ela, esse índice é prejudicial tanto para as famílias, porque além de estarem sujeitas a perderem o benefício deixam de acompanhar a saúde da criança, quanto para o município, que pode perder recursos caso deixe de alcançar a meta estabelecida.

 
Kátia observa que as famílias cadastradas no programa tem até o dia 15 de junho para regularizar a situação. “Pedimos às famílias que compareçam até a unidade de saúde de seus respectivos bairros para fazer o acompanhamento da saúde, e atualização do calendário vacinal”. O programa de acompanhamento tem duas vigências divididas por semestre.

 
Secom