Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 05/05/2016

“A mulher que cuida bem do lar faz um favor à sociedade”, diz Soraya Moraes

593018356-soraya-moraes

Um artigo publicado pela revista Veja, classificando a esposa do vice-presidente Michel Temer, Marcela Temer, como uma mulher “bela, recatada e do lar”, provocou diversas reações na internet nas últimas semanas, principalmente a ira das feministas.

 

Caminhando contra a onda de críticas do movimento feminista, a pastora Elizete Malafaia, esposa de Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, lançou na semana passada uma campanha nas redes sociais incentivando as mulheres a publicarem fotos cuidando da casa e da família.

 
Cantoras como Soraya Moraes, Cassiane e Ana Paula Valadão também apoiaram a campanha de Elizete, que tem como lema “feliz por ser mulher, esposa, mãe e do lar”. No entanto, a campanha recebeu um avalanche de críticas — principalmente a foto em que Ana Paula aparece de avental na beira de um fogão.

 
Segundo a cantora Soraya Moraes, existe um grande preconceito pela mulher que escolhe ser do lar e se orgulha em cuidar da família. “Infelizmente, a sociedade está colocando isso como algo pejorativo, sendo que a base da sociedade é a família. A mulher que cuida da sua família, cuida bem do lar, está fazendo um favor à sociedade. Esse trabalho, realmente, não é valorizado”, disse ela em entrevista ao Guiame.

 
Logo depois que surgiram os primeiros comentários sobre o assunto, Soraya publicou nas redes sociais uma foto sua recebendo o Grammy Award, na gravação de um clipe, servindo um prato e ao lado de sua família, a fim de mostrar que a mulher pode ser bem sucedida e e, ao mesmo tempo, cuidar de seu lar.

 
“A mulher pode tudo. Se ela quer ser do lar, que seja uma ótima esposa, uma ótima mãe, uma ótima filha, que faça o seu melhor. Mas ela também pode pilotar avião, cozinhar, pode fazer o que quiser”, afirmou a cantora.

 
Soraya relembra que este modelo de mulher é exposto na Bíblia. “Se você for analisar bem, Provérbios 31 fala da mulher que cuida da casa, mas essa mulher também adquiria e vendia propriedades. Ou seja, elas não ficavam só com a barriga no fogão e no tanque, elas também ajudavam a gerar renda para o seu esposo”, conta.

 
“Eu acho que realmente nós temos que rever esses conceitos. Existem muitos vídeos na internet, muita gente dando depoimentos para desconstruir essa visão da família e da mulher. Mas nós, mulheres — principalmente cristãs — temos que levantar essa bandeira: a mulher sábia edifica sua casa”, conclui.

 

GUIAME