Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 20/05/2015

A pauladas, pastor mata fiel que reclamou não ter sido curado de dores nas costas

feliciano-velasco-garciaUm pastor matou um fiel a pauladas durante o culto porque ele foi reclamar que não recebeu a cura de dores que ele sentia nas costas, conforme prometido.

 
O caso, registrado na cidade de Chiapas, no México, aconteceu dentro do Salão das Testemunhas de Jeová. O ancião (cargo equivalente ao de pastor) Feliciano Velasco Garcia, terminou preso e alegou possessão demoníaca.

 
Garcia se autodeclarava “Jeová Deus curador dos doentes”, e teria dito ao fiel Francisco Gomez Lopez, de 27 anos, que ele estava curado de seu problema nas costas.

 
Incomodado com a dor, o fiel foi atrás do líder religioso irritado, e ao chegar salão, reclamou enfaticamente que continuava sentindo a dor nas costas e que seu milagre ainda não havia acontecido.

 
Segundo informações do site La Prensa, a reação de Garcia foi pegar um pedaço de pau e espancar o fiel que reclamava até a morte. Quando se deu conta do que havia feito, Garcia chamou seu irmão, Fernando, e deram um fim no corpo, enterrando-o longe do salão onde o crime foi cometido.

 
Porém, o crime repercutiu na comunidade e o líder das Testemunhas de Jeová que se autodeclarava “curador de doentes” foi preso e confessou o crime, alegando que “satanás tomou o seu corpo”.

 

 

De acordo com o Gabinete do Procurador-Geral (PGJ) de Chiapas, o assassinato teria sido cometido em 23 de abril, conforme relataram algumas das testemunhas que estavam presentes na cena do crime, segundo o site Tiempo, que se referiu à igreja de Garcia como “seita”.

 
O assassinato do fiel que se queixou por não ter recebido sua repercutiu na imprensa de todo o mundo, com relatos em diversas publicações de internet da América Latina.

 
Gospel +