Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 07/03/2016

Adoção de animais supera expectativa dos organizadores

732016061610

Com familiares, Elidina Souza animadamente exibia Charlote, uma gatinha de dois meses, que
adotara minutos anos. “Gostaria de levar um cachorro, mas não tenho espaço. Vou me contentar com
ela”, afirmou e logo depois apresentou os parentes da sua companheirinha. Ela foi uma das quase
30 pessoas que adotaram cães e gatos na feira específica realizada neste domingo, pela
instituição SOS Vira Lata de Raça, no Parque da Lagoa Erivaldo Cerqueira, nas Baraúnas.

 

O presidente Jean Santos Boaventura disse ter ao mesmo tempo ficado surpreso e contente com a
quantidade de adoções. Todos eram RND (Raça não definida). Mas este detalhe foi encolhido pela
#todoslindos. Uma gata siamesa foi encontrada embaixo de um carro e imediatamente foi adotada.
Teria sido deliberadamente abandonada no local.

 

Mesmo em sede, a instituição recolhe das ruas animais recém-nascidos ou feridos – os engajados
oferecem suas casas com lares temporários, enquanto são procurados interessados em adotá-los. No
domingo, três dos sete cães recolhidos numa ninhada no Boulevard Shopping não ganharam lares
definitivos. Os machos adotados são castrados, caso esteja em idade para a intervenção, e as
fêmeas são esterilizadas.

 

Há um acerto entre a instituição e as pessoas que adotaram os que não estão em idade desta
intervenção cirúrgica, diz o presidente, para a que intervenção seja realizada no período
correto. “Buscamos a adoção responsável”. Para isso, apenas são aceitos interessados maiores de
18 anos e é feita uma entrevista para saber se o interessado tem o perfil proposto pela SOS Vira
Lata de Raça.

 

Carla Lopes levou para casa dela um filhote de gato. Vai se juntar aos outros animais que disse
ter. “Gosto de animais e na minha casa tem espaço para que eles vivam bem”. Ela, e os outros, tiveram que assinar um termo de adoção. “Periodicamente vamos visita-los para observarmos como estão sendo tratados”, promete Jean Boaventura.