Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 11/07/2015

Agricultores familiares criam cooperativa com apoio da Prefeitura

31Cerca de 40 agricultores familiares do distrito de Tiquaruçu se uniram e criaram uma cooperativa. Mais do que vender o que produzem, eles planejam agregar valor ao que sai das suas lavouras, com a fabricação de subprodutos, e industrializar parte das suas produções, com a consequente valorização no mercado. Eles elegeram os conselhos diretor e fiscal, em reunião que aconteceu na quinta-feira, 9. A presidência será ocupada por Silvânia dos Santos Lima.

 

O secretário municipal de Agricultura, Wellington Andrade, disse que o governo municipal apóia a iniciativa porque a cooperativa vai abrir novos mercados e, assim, garantir renda para estas famílias. “Em resumo o que desejamos é que estas pessoas ganhem o suficiente para que vivam com dignidade com o que produz nas suas propriedades”. Outro ponto importante é que a produção e venda garantem que estas pessoas, por terem opções de crescimento, vão permanecer nas suas terras. “E produzindo”, acentua.

 

Ele ainda disse que além da venda direta aos consumidores, a meta da cooperativa, cujos membros se reuniram na seda da Associação Santa Inês, é vender as suas produções ao PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), que abastece as despensas das escolas, mais ao PAA (Programa de Aquisição de Alimentos). “O que vai ser feito é a produção e venda de produtos industrializados e in natura, que saem das propriedades destes agricultores familiares”, comenta o secretário.

 

Wellington Andrade disse que a criação da cooperativa é um avanço grande para estes agricultores, porque juntos poderão tornar a produção eficiente, bem como a industrialização. “A garantia de mercado faz com que eles produzam mais e, consequentemente, melhorem suas vidas e dos seus familiares”.