Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 28/01/2015

Alerta: Feira registra 242 casos de Aids em 2014

2712015171625No ano passado, o Programa Municipal DST/HIV/Aids registrou 242 novos casos de HIV em Feira de Santana. O crescimento em relação a 2013 foi de 5% – quando 230 pessoas foram diagnosticadas com a doença. O aumento no número de casos estaria relacionado à oferta do exame que detecta a doença. Principalmente o teste rápido, cujo resultado é conhecido em apenas 15 minutos.

 
Na campanha “Dezembro Vermelho”, foram realizados mais de 400 testes rápidos – sete foram positivos. Os exames foram oferecidos nas policlínicas e no Centro de Saúde Especializado Dr. Leone Leda.

 

Homens e mulheres jovens em idade reprodutiva apresentaram maior número de infectados, o que confirma uma tendência mundial. Mas ao contrário de anos anteriores, as pessoas do sexo masculino foram maioria entre os contaminados.

 

De acordo com a coordenadora do programa, Vanessa Sampaio, a quantidade de bebês infectados durante o parto também caiu. Esta redução está relacionada à profilaxia retroviral nas gestantes, que interrompe a cadeia de contaminação. E por um período o recém-nascido também é acompanhado por infectologistas.

 

O problema, diz a coordenadora local do programa, é que as pessoas, principalmente os mais jovens, se comportam como se fossem imunes ao HIV. Este comportamento está relacionado aos novos medicamentos que permitem que em caso de contaminação a pessoa leve uma vida normal, desde que siga as orientações do tratamento que será por toda a vida.

 

Os casos positivos são acompanhados pelos médicos do programa. As pessoas recebem toda medicação gratuitamente, após as avaliações. Outro problema é a quantidade de pessoas que têm o vírus, mas não sabem. Estima-se que no Brasil mais de 150 mil estejam nesta situação.