Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 09/05/2015

Americana processa homossexuais em nome de Deus

31Uma mulher americana de 66 anos resolveu entrar na justiça e processar todos os gays por violarem as “leis religiosas e morais”. Em um documento escrito a mão, a senhora se diz embaixadora de “Deus e Seu Filho, Jesus Cristo” e contesta as relações homossexuais.

 

O documento de seis páginas foi divulgado pela NBC Newse fez com que Sylvia Ann Driskell, moradora de Auburn, Nebraska, se tornasse chacota entre os blogs gays dos Estados Unidos.

 
A mulher diz no texto que “a homossexualidade é um pecado e que os homossexuais sabem que é um pecado e por isso eles vivem escondidos no armário”. Driskell quer que o juiz distrital Jon M. Gerrard julgue se ser gay é ou não é pecado.

 

A americana diz também que nesses 66 anos de vida ela numa pensou que veria Nebraska aceitando o que ela chama de “cumplicidade com povos de comportamento lascivo”.
Assim que o documento vazou na internet alguns bloggers gays começaram a fazer chacota sobre a ação. San Savage, colunista do Daily Kos, chegou a dizer ironicamente que estava com tanto medo da ação que até deixou de ser gay.

 

Gospel +