Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 10/05/2018

Anão Marquinhos da TV Record vira missionário: “Estou indo na igreja levar a palavra de Deus”

Sempre que personalidades da TV aparecem pregando o evangelho de Jesus Cristo nas igrejas ou mesmo em outros lugares, logo chamam atenção do público, tanto para críticas como para elogios. Não está sendo diferente com Marcos Batista dos Santos, mais conhecido como o “Anão Marquinhos”, ex-assistente de palco de Geraldo Luiz no programa “Domingo Show”, transmitido pela TV Record.

 

A última aparição do humorista Anão Marquinhos na TV foi em 4 de fevereiro desse ano, quando o programa ainda era transmitido ao vivo e em estúdio. Como o formato da atração aos domingos foi modificado, Marquinhos deixou de atuar.

 

Agora com mais tempo livre, ele está viajando o Brasil ao lado da sua esposa, Juliana Alves, que também possui nanismo, para ministrar em várias igrejas da Assembleia de Deus. O Anão Marquinhos, no entanto, disse que essa prática não é recente:

 

“Sempre fiz isso, e desde 2011 eu já praticava isso. Mas quando eu entrei na TV, eu me dedicava mais à TV. E quando eu tinha um ou dois dias de descanso, eu aproveitava para levar a palavra de Deus. Sempre ministrei. E agora eu estou indo bastante”, disse ele ao Notícias da TV.

 

A explicação de Marquinhos rebate algumas críticas que o humorista têm recebido dos fãs através das redes sociais. Alguns insinuaram que pela falta de trabalho, o assistente de palco estaria “roubando” dinheiro dos fiéis nas igrejas:

 

“Tem umas pessoas em rede social que fica falando que eu saí da Record e que estou ganhando dinheiro como pastor, roubando dinheiro da igreja e enganando os trouxas. Mas não é isso, eu estou levando a minha mensagem de fé para as pessoas necessitadas e ajudando aqueles que precisam”, disse ele.

 

O Anão Marquinhos também explicou que ministrar o evangelho “não é um trabalho”. Ele disse que apesar de não receber salário algum para pregar, “quando você planta uma boa semente, você é abençoado”, referindo-se às consequências da sua atuação. “Se estou indo na igreja levar a Palavra de Deus, estou semeando o bem”, frisou.

 

“As pessoas me ofertam, vou no mercado, compro cesta básica e vou doar nas comunidades”, explica. “Inclusive agora, na Páscoa, fui numa igreja, pedi uma oferta, e o dinheiro que peguei fui no mercado e comprei um monte de ovos de Páscoa e saí doando para as crianças”.

 

Marquinhos destacou que não precisa divulgar o que faz de bom com os recursos das ofertas que recebe. Ao fazer doações para comunidades carentes, ele disse que não divulga e por isso apenas Deus sabe realmente suas verdadeiras intenções:

 

“Isso [doações dos ovos de páscoa] eu não postei nas redes sociais, não comentei com ninguém. Enquanto muitos criticam, dizem que estou roubando, eu não estou! Quem conhece o meu coração é Deus”, finaliza.

 

 

Gospel +