Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 06/02/2018

André Valadão diz que se arrepende de não ter casado virgem

O cantor gospel André Valadão deu uma declaração bastante curiosa sobre sua vida pessoal. É que, embora tenha nascido e sido criado em uma família evangélica muito tradicional, acabou não casando virgem. Ele é filho do Pr. Márcio Valadão, presidente da Igreja Batista da Lagoinha, de onde surgiu o Diante do Trono, no qual o cantor começou a carreira como back-vocal. Agora, além de carreira solo, está sendo sondado por lideranças políticas para se lançar como candidato a Senador pelo estado de Minas Gerais nas eleições deste ano. A família Valadão seria contra.

 

 

Em entrevista ao Gospel Prime, André Valadão afirmou que um de seus maiores arrependimentos na vida foi o de não ter casado virgem, uma prática incentivada pelas lideranças evangélicas, com base em interpretações de textos da Bíblia, que não dizem de forma explícita que transar antes do casamento seja pecado, mas que, de forma implícita, acabam sendo interpretados como uma regra de que as relações íntimas devem ser guardadas para o casamento: “Não casei virgem, me arrependo por isso. As consequências de uma vida de pecado, de uma vida sexual ativa antes do casamento é muito ruim”, disse ele. Porém, esse não foi o único erro do qual ele não sente orgulho: “Tive outros erros em minha vida que também poderiam me levar para muito longe de Cristo, porém a vida Dele em mim foi mais forte, sim. Cristo em nós é a esperança da glória mesmo!”, revelou.

 
Sobre boicote à Globo: “Ficou tudo bem”

 

Na entrevista, André também falou sobre o episódio no ano passado em que foi taxado de incoerente nas redes sociais, após pedir o boicote da TV Globo, depois que a emissora fez uma campanha contra a intolerância sexual. Os internautas responderam a campanha do cantor lembrando que ele é contratado da Som Livre, gravadora do Grupo Globo, que possui os mesmos princípios e políticas editoriais da emissora de TV. Sobre o assunto, Valadão disse: “Sempre tive e tenho liberdade na Som Livre, eles não interferem em nada, quando coloquei o post contra o posicionamento da rede Globo, em relação aquilo que vai totalmente contra os princípios cristãos, fui abordado por um dos diretores do grupo e expus meu posicionamento, e ficou tudo bem”, garante.

 

André Valadão, inclusive, afirmou que a liberdade que ele possui na gravadora da Globo é maior do que a que ele tinha em outras que eram exclusivamente voltadas para o gospel: “A Som Livre faz parte do grupo Globo sim, porém a influência no segmento cristão é zero. Somos livres ali para fazermos tudo o que Deus nos dirigir, inclusive já fui de outras gravadoras cristãs e algumas delas, por incrível que pareça, eu não tinha a liberdade que tenho na Som Livre”, esclareceu.

 

 
Portaldotrono.com