Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 20/03/2015

Após críticas, pastor desiste de campanha para comprar jato executivo para seu uso particular

jato-gulfstream-650O pastor neopentecostal cancelou a campanha de arrecadação de US$ 65 milhões para compra de um jato executivo para seu uso privado. A atitude foi tomada após a grande repercussão negativa no meio evangélico.

 

“Não há nenhuma campanha por um jato, e não haverá campanha para um jato no futuro”, disse o porta-voz do pastor, Juda Engelmayer, segundo informações do Charisma News.

 

Creflo Dollar, líder da megaigreja World Changers International, em Atlanta, Geórgia (EUA), ficou sob severas críticas após lançar a campanha para compra do jato Gulfstream G650, o modelo executivo mais rápido do mundo, com preço equivalente a R$ 220 milhões.

 

“Se todos os nossos parceiros existentes semeassem 300 dólares cada, de todo o mundo, seríamos capazes de adquirir este jato em um muito curto período de tempo”, afirmava o gerente do projeto, Rick Hayes, em um vídeo que já foi removido do site do pastor de nome sugestivo.

 

A reação de vários líderes cristãos norte-americanos foi de repulsa e indignação: “Eu não estou certo sobre o que é mais louco: Dollar insistir em ser tratado como o rei de um país pequeno, ou que a sua empresa de relações públicas de propriedade da igreja não perceba este plano de angariação de fundos vai dar errado”, afirmou o articulista Lee Grady.

 

“Sou a favor de se dar generosamente, e eu sou assim para cuidar de ministros do Evangelho, mas eu não doar US$ 300 para ajudar Creflo Dollar a comprar um jato de US$ 65 milhões em seu ministério. Só o fato de pensar nisso já é obsceno”, disse o doutor Michael Brown, escritor cristão.

 

Gospel +