Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 26/01/2016

Após dizer que daria surra em Jesus, lutador afirma ser um deus e provoca adversário cristão

conor-mcgregorConor McGregor, campeão do peso-pena do Ultimate Fighting Championship (UFC), afirmou ser um deus do MMA e que, por isso, ele havia se entendido com Jesus Cristo.

 

No início de dezembro do ano passado, o lutador havia dito que se fosse posto em um octógono com Jesus Cristo, daria uma surra no Filho de Deus. A declaração foi tratada como blasfêmia por diversas publicações cristãs ao redor do mundo, e com certo alarde pela mídia esportiva.

 

Agora, durante uma entrevista coletiva para a promoção do UFC 197, que acontece no dia 5 de março, em Las Vegas (EUA), McGregor voltou a falar sobre o assunto, e dessa vez, referiu-se a si mesmo como uma divindade, segundo informações do Zero Hora.
A polêmica foi reacendida quando um dos jornalistas questionou seu adversário, o brasileiro Rafael dos Anjos, que é cristão, sobre a declaração de McGregor sobre Jesus.

Na resposta, Dos Anjos – como o lutador é conhecido nos Estados Unidos – disse que ensinaria a McGregor a respeitar a fé alheia: “Acho que, quando um cara diz algo assim, não respeita ninguém. Sou uma ferramenta nas mãos de Deus. Ele vai ver o que uma única ferramenta de Deus é capaz de fazer”, declarou Dos Anjos, que é campeão do UFC na categoria peso-leve.

 

Afoito, McGregor voltou a provocar Dos Anjos: “Eu e Jesus estamos bem. Estou bem com todos os deuses. Deuses reconhecem outros deuses”, zombou.
Freio

 

Uma semana antes da entrevista coletiva para promover o evento, Rafael dos Anjos usou uma passagem bíblica do Velho Testamento para se posicionar a respeito das provocações de McGregor, e sugeriu que fará o irlandês rever seu comportamento.

 

No Facebook, Dos Anjos escreveu, em português e inglês, uma promessa a McGregor: “Eu soube do seu ódio e do seu orgulho, e agora vou pôr uma argola no seu nariz e um freio na sua boca, e farei você voltar pelo mesmo caminho por onde veio. –Isaías 37:29”.

 

 

Gospel +