Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 14/06/2015

Apóstolo lança campanha e cobra pelo menos R$ 60 de fiéis que quiserem ser “sócios” do ministério

GUILLERMO-MALDONADOO modelo de contribuições adotado pelas igrejas neopentecostais brasileiras está fazendo escola mundo afora. O ministério El Rey Jesus, liderado pelo apóstolo Guillermo Maldonado, lançou um programa de sócios que cobra, no mínimo, US$ 20 de cada frequentador (R$ 62,00 pela cotação atual do dólar).

 

Em um vídeo, Maldonado convida os fiéis de sua denominação a contribuírem para a “levar o poder sobrenatural de Deus ao redor do mundo”, e pede para que os interessados em ser sócios liguem para uma central e inscrevam-se em um dos vários planos de contribuição, que podem ser de US$ 20,00 a US$ 50 mil.

 

O ministério El Rey Jesus é sediado em Miami, na Flórida (EUA), com igrejas em diversas cidades do estado e filiais em outros estados norte-americanos e na França.

 

Os fiéis mais humildes, que optarem por contribuir com US$ 20 mensais têm direito a um broche, um CD, um livro e outros mimos. Já quem optar pela contribuição anual de US$ 50 mil, recebem uma extensa lista de “benefícios”, incluindo reuniões privadas com Maldonado.

 

“Você acredita que isto é Evangelho? Você acredita que Cristo estaria de acordo com o pedido de dinheiro para uma classificação de sócios, fazendo que uns tenham mais benefícios que outros pelo quantidade de dinheiro que ‘investem’? Mas não é apenas isto, você também pode ter acesso exclusivo e assento exclusivo ao lado de Guillermo Maldonado, basta pagar os 50 mil dólares por ano. Este homem se sente um megaestrela, para cobrar tanto dinheiro para que alguém o possa ver e receber apostilas cheias de heresias, que só falam de prosperidade, adulterando o evangelho de Cristo”, criticou o site Cristianos Al Dia.

 

Na conclusão do artigo, o portal cristão em espanhol orientou: “Povo de Deus, é tempo de abrir os olhos. Isto é totalmente anti-bíblico. Não se engane, o Evangelho é a Palavra de Deus. Se você é cristão, congregue em uma igreja sã, mesmo que pequena, mas que pregue o Evangelho de Cristo, porque é dele que você precisa para viver, formar família e seguir a Cristo”.