Mens. & Reflexões

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 19/08/2015

As peneiras da vida nas mãos de Deus: Formando campeões

unnamed (3)E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça. E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo. E estava vestido de veste tingida em sangue; e o nome pelo qual se chama é A Palavra de Deus”. (Apocalipse 19:11-13)

 

Nesta passagem de Apocalipse 19:11-13 vemos a descrição de um megacampeão, mas precisamos enxergar em primeiro lugar, que Ele não apareceu do nada naquela posição. Nenhum campeão nasce com este título. Todo campeão é assim formado, construído.

 

Neste “filme”, eu vejo em uma ponta, um megacampeão e em outra ponta, uma criança indefesa, envolta em panos (Lucas 2:7). Eu consigo vê-lo exilado como uma criança estrangeira, vivendo no Egito (Mateus 2:14,15). Eu consigo vê-lo como o filho mais velho de uma família pobre, que tem vários filhos e luta para sobreviver. Eu consigo vê-lo adulto, no deserto, no início de um ministério (Mateus 4:1-11). Eu consigo vê-lo solitário (Mateus 26:43). Eu consigo vê-lo humilhado, desprezado (Isaías 53:3). Eu consigo vê-lo crucificado.

 

Nós nunca somos os mesmos após estes processos, após as peneiras da vida. Mas estas peneiras não estão nas mãos do diabo. Elas são de Deus.

 
Quando Deus nos faz passar pelas peneiras, Ele o faz porque entende que há algo que nós que vale a pena. Ele se dedica a um processo de purificação em nossas vidas.

 
Eu vejo este campeão passando por estas peneiras e sendo preparado em cada uma delas, inclusive quando Ele é injustiçado, quando não é reconhecido, quando é acusado de coisas que não fez, quando é apontado pelo o que não disse, quando é condenado sem um julgamento justo, pregado em uma cruz. Como é difícil entender! Mas de fato, o “modus-operandi” de Deus é estranho se visto com olhos humanos.

 

O evangelho que temos visto ser pregado muitas vezes nas televisões, não se enquadra na vida real. Esse evangelho que promete um caminho fácil, uma passagem sem dor por esse vale de ossos secos, que promete a vitória sem a cruz, sem a luta… eu e você sabemos que estas propostas são falsas.

 

Mas o Evangelho verdadeiro, este sim, transforma e abre os nossos olhos para o mundo real, nos ajuda a enfrentar problemas reais e conviver com pessoas normais, que têm as suas crises, angústias. Nos ensina que também temos que lutar para ficar de pé, enfrentar nossos leões a cada dia.

 

A questão não é se vamos enfrentar um ou dez leões por dia, por quantas peneiras iremos passar, mas sim entendermos que Deus vai estar ao nosso lado em cada uma dessas situações.
Buscar atalhos é o mesmo que dispensar grandes oportunidades de crescimento, é perder a chance de ser formado um campeão. Mas aceitar o desafio de enfrentar as dificuldades com a ajuda do Todo-poderoso é provar mais do Seu amor, graça e poder. É se fortalecer e testemunhar das maravilhas que Ele opera ao nos formar verdadeiramente vencedores.

 

por Roberto de Lucena