Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 19/05/2018

Associação aciona Ministério Público contra reajuste da gasolina em Feira de Santana

O novo aumento no preço da gasolina em Feira de Santana levou a Associação de Defesa e Proteção dos Consumidores da Bahia (Protege) entrar com ação civil pública na quinta-feira (17), contra todas as redes de postos de combustíveis da cidade. O litro do produto voltou a subir esta semana chegando a custar, em média, R$ 4,54.

De acordo com o presidente da Protege, Magno Felzemburg, a variação que reajusta o valor dos combustíveis quase diariamente é abusiva.

“Não justifica que o preço nas bombas seja maior para o consumidor, já que a variação repassada às refinarias é pequena. Esse aumento é abusivo e inviabiliza o nosso consumo”, disse o advogado, em entrevista.

Para Felzemburg, a única solução imediata para coibir essa pratica é abastecer a quantidade mínima possível. “Nós consumidores temos que ditar as regras e não receber esse pacote pronto!”, afirma.

 

(Fotos Taiuri Reis- De Olho na Cidade)