Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 06/02/2015

Ateu ganha R$ 270 mil por ano vendendo Bíblia

66Quando descobriu que um parente estava ganhando de US$ 8 mil (R$ 21 mil) a US$ 10 mil (R$ 26 mil) por mês vendendo aplicativos na App Store, o americano Trevor McKendrick resolveu que deveria tentar entrar na área.

 

Foi assim que em 2012 ele analisou o mercado e viu que havia poucos aplicativos da Bíblia em língua espanhola, com seus conhecimentos no idioma – por ter vivido alguns anos no México- McKendrick contratou um programador romeno para ajudá-lo e lançou uma primeira versão da Bíblia em espanhol.

 

Em entrevista ao produtor de rádio Alex Blumberg, publicado em seu site pessoal, o americano revelou que tinha intenção de ganhar US$ 600 por mês para poder pelo menos pagar os custos de hospedagem na plataforma. Mas no primeiro mês ele conseguiu US$ 1,5 mil.

 

“Mesmo não sendo uma grande quantia, pelo pouco tempo e baixo investimento inicial já podia tê-lo considerado um projeto de sucesso”, diz McKendrick.
O próximo passo do americano foi contratar um estúdio de gravação e transformar a Bíblia em “audiobook”, meses depois ele lançou um aplicativo da Bíblia em áudio e aumentou para US$ 5 mil seu faturamento. No primeiro ano o aplicativo gerou US$ 73 mil e em 2014 ele obteve mais de US$ 100 mil (R$ 270 mil).

 

McKendrick foi criado na igreja Mórmon, chegou a estudar em um colégio da denominação e a se casar, mas depois que seu irmão deixou a igreja ele se tornou ateu e hoje vender Bíblias para ele é como comercializar um livro de ficção. “Eu me sinto terrível sobre o fato de vender a Bíblia, mas encaro como um outro livro e acredito que o que realmente vendo é ficção”.
Com o dinheiro que tem ganhado com as vendas dos apps, o americano investiu na criação de uma empresa de manutenção na área de TI que é sua área de formação.

 

Com informações Época