Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 29/11/2014

Ateus reclamam de brinquedo sobre Arca de Noé em parque infantil

downloadUm parque infantil da cidade de Newark, em Delaware (Estados Unidos), precisou remover um brinquedo com o tema da Arca de Noé para não enfrentar uma ação judicial.

 

A prefeitura recebeu uma ameaça do grupo “Americanos Unidos pela Separação entre Igreja e Estado” (chamados pelas siglas AU de American United) dizendo que o brinquedo, disposto no parque há muitos anos, viola as leis americanas.

 

Em entrevista ao The Christian Post o porta-voz da Prefeitura de Newark afirmou que uma denúncia foi feita pelo grupo que anotou diversas jurisprudências que amedrontaram os administradores do parque.
“Após uma avaliação, o nosso advogado aconselhou que a peça fosse removida, e o departamento de Parques e Recreação acatou a recomendação”, disse o porta-voz.

 

A organização AU também foi ouvida pelo CP e sua representante, Janice Rael, vice-presidente da entidade, afirmou que foram avós ateus que denunciaram o parque municipal dizendo que não queriam que seus netos brincassem perto de versículos da Bíblia.

 

“Recebemos queixas de alguns avós ateus que não queriam que seus netos vissem os versículos da Bíblia ou as imagens estilizadas da estória da Arca”, disse Rael.
Depois das queixas o grupo Americanos Unidos pela Separação entre Igreja e Estado resolveu investigar o caso e descobriram que de fato havia um brinquedo com tema bíblico no parque público, levando seus representantes a entrarem com uma ação contra a prefeitura, caso eles não tomassem uma providência.

 

“Estou certo de que a cidade não fez por mal, mas o governo deve permanecer neutro em matéria religiosa, então eles tinham que tirar aquela instalação do parque”, disse Rael. O brinquedo era um painel que contava a história bíblica em nove partes.

 

Gospel +