Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 03/06/2015

Autor diz que “conservadorismo” não vai impedi-lo de mostrar sexo e drogas em nova novela da Globo

verdades-secretasA nova novela da Globo, Verdades Secretas, será veiculada na faixa das 23h00 e abusará de cenas com drogas, prostituição, festas, noitadas, traição, sexo, glamour, poder e jogo de interesse. E o autor promete ignorar as reclamações do público considerado “conservador”.

 

A perspectiva de Walcyr Carrasco, que é o autor da novela Amor à Vida (primeira a mostrar um beijo gay na televisão brasileira), é a de alguém que, por já ter trabalhado no mundo da moda, conhece os bastidores e afirma que sua novela vai retratar exatamente o que acontece.

 

“Por estar ligado à imprensa, eu usei a minha curiosidade jornalística para pesquisar a realidade que existe por trás das passarelas. O consumismo chegou a um nível em que a pessoa é capaz de fazer qualquer coisa por uma bolsa”, disse o autor em entrevista à revista Veja.

 

O ator Reynaldo Gianecchini, escalado para viver um personagem considerado “amoral”, vai dar vida a um homem acostumado com o luxo bancado pela família, e que, à beira da falência, vai fazer de tudo para manter o seu padrão de vida, e assim, inicia um relacionamento com Fanny, mulher mais velha interpretada por Marieta Severo.

 

“Quando o Walcyr me chamou, ele só me deu um recado: ‘se prepara que o seu personagem é capaz de tudo para conseguir o que quer. Então, ele vai se vender muito ao longo da trama’. E eu tenho medo de como essa patrulha exacerbada do público vai reagir. Mas, apesar dessa censura conservadora que estamos vendo, acho que a gente deve contar sim algumas coisas, nem que seja para criar um ponto crítico. É muito chato quando as pessoas se acham no direito de podar um trabalho”, reclama o ator.

 

Para Carrasco, o país atravessa uma onda de conservadorismo, mas adianta que não vai se deixar influenciar por isso: “Quando escrevi a novela, eu queria contar essa trajetória que faz parte da nossa realidade, de pessoas que abrem mão da dignidade, dos valores humanos, por algo que é rápido e passageiro. Eu não me preocupo com a reação do espectador, isso não vai me impedir de falar a verdade, mesmo que incomode”, diz.

 
Gospel +