Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 20/11/2016

Bahia vence no sufoco e está mais próximo da Série A

112895-3Ainda não foi dessa vez. Jogando para uma Arena Fonte Nova lotada neste sábado (19), o Bahia derrotou o Bragantino por 3 a 2 e está a apenas um ponto do acesso para a primeira divisão nacional. Com gols de Luiz Antônio, Hernane e Renato Cajá, o Esquadrão de Aço chega aos 63 pontos e assume a terceira posição do Campeonato Brasileiro da Série B.

 

A partida se iniciou nervosa para o Esquadrão de Aço. Logo aos três minutos, Anderson Ligeiro arriscou de fora da área e Muriel fez boa defesa no canto do gol. Entretanto, os donos da casa não demoraram para imprimir o seu domínio do gramado e passaram a assustar a meta rival, mesmo com dificuldades de vencer a marcação alvinegra.

 

O jogo permanecia fechado até os 10 minutos, quando Luiz Antônio conseguiu um impressionante lance que terminou em gol. De fora da área, o volante chutou forte e viu a bola entrar no gol para depois sair rapidamente. A jogada ainda foi continuada com cabeçada de Hernane, mas o árbitro não teve dúvidas em validar o chute e abrir o marcador para o Tricolor.

 

Em seu melhor momento, o Bahia seguiu na parte ofensiva e não demorou para chegar ao segundo tento. Aos 17, a cobrança de escanteio de Luiz Antônio achou Hernane, que subiu sozinho e cabeceou com categoria para chegar aos 2 a 0 e fazer explodir a Fonte Nova.

 

Com a vantagem, o time de Guto Ferreira passou a administrar o resultado e viu os visitantes crescerem no confronto. Com isso, aos 30 minutos, o Massa Bruta diminuiu o marcador. Rafael Grampola recebeu na entrada da área, driblou dois defensores e ficou cara a cara com Muriel, tirando o goleiro da jogada e guardando no fundo das redes.

 

O gol fez o Bahia acordar na partida. Aos 40, Hernane perde uma grande chance com uma bola cruzada por Victor Ranges e que passou pelo goleiro paulista. Porém, na hora da conclusão, o atacante finalizou para fora.

 

Querendo ampliar a vantagem, o Esquadrão entrou na segunda etapa com bastante intensidade e não deixando espaço para o time do Bragantino, que apelava nas jogadas de falta. Com isso, o jogo passou a ficar paralisado em vários momentos, quebrando o ritmo dos donos da casa.

 

Com isso, o time do Bahia diminuiu o ritmo e viu o Bragantino intensificar os seus espaços, subindo a marcação e indo em busca do gol de empate. Aos 12 minutos, o Bahia passou a tocar mais a bola para vencer o seu adversário com lances de velocidade. Mesmo assim, o time soteropolitano não conseguia efetuar o último passe e via as oportunidades do terceiro gol serem desperdiçadas.

 

O jogo morno e as chances desperdiçadas acabaram por resultar em mais um revés para a torcida tricolor. Aos 24, Edson Sitta partiu pela lateral, invadiu a pequena área e chutou em cima de Muriel, que falhou na recepção e viu a bola entrar por baixo das pernas.

 

Para mudar o panorama do jogo, Guto Ferreira efetuou mudanças no elenco para conseguir chegar ao triunfo. Com a entrada de Allano, o time melhorou o toque de bola ofensivo, mas não conseguia chegar ao tão sonhado terceiro gol.

 

Com o relógio passando e a torcida cada vez mais ansiosa, a mística tricolor apareceu mais uma vez. Em jogada rápida aos 43 minutos, a bola foi sendo tocada por Mário, Hernane e terminou para Renato Cajá soltar uma bomba e fazer a festa da Arena Fonte Nova.

 

Na última rodada, o Bahia volta a campo no próximo sábado (26) contra o já campeão Atlético-GO. A partida será às 16h30 (horário da Bahia), no Estádio Olímpico, em Goiânia.

 

FICHA TÉCNICA
Bahia x Bragantino
Série B – 37ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 19/11/2016
Horário: 16h30 (horário da Bahia)
Árbitro: Devarly Lira do Rosário (ES)
Assistentes: Leonardo Mendonça e Valberson Braz Zanotti (ambos do ES)
Gols:Luiz Antônio, Hernane Brocador, Rafael Grampola, Edson Sitta, Renato Cajá

 

Bahia: Muriel; Eduardo; Tiago, Jackson e Moisés; Renê Júnior, Luiz Antônio e Régis (Renato Cajá); Victor Rangel (Allano); Edigar Junio (Mário) e Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira.

 

Bragantino: Renan Rocha, Gabriel Dias (Lincom), Diego Sacoman, Lucas Rocha e Fabiano; Edson Sitta, Everton Dias e Alan Mineiro; Rafael Grampola, Anderson Ligeiro e Vitor Hugo (Watson). Técnico: Estevam Soares

 

Da redação com informações do Bahia Notícias