Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 01/12/2014

Bahia vence o Grêmio e mantém viva esperança de não ser rebaixado

69770-3O Bahia venceu o Grêmio por 1 a 0 na noite deste domingo (30) na Arena Fonte Nova e manteve viva a esperança de não ser rebaixado. Para não cair, o Tricolor de Aço precisa vencer o Coritiba na última rodada e torcer para que o rival Vitória, que enfrenta o Santos no Barradão, não vença e o Palmeiras não pontue na rodada final.

 

O Bahia entrou em campo pensando apenas no triunfo – qualquer outro resultado significaria o rebaixamento do tricolor baiano ainda neste domingo. O Grêmio também buscava a vitória, de olho na chance de ainda conseguir uma vaga na Libertadores de 2015.

 

O tricolor baiano teve alguns lances que ameaçaram o Grêmio no começo da partida, mas teve dificuldade em finalizar. Aos 6, em escanteio, a bola sobrou na pequena área, mas a defesa gremista conseguiu chegar antes para afastar o perigo. O Grêmio tentava pressionar na saída de bola do Bahia. Aos 11, falta em Lucas Fonseca pela direita levou perigo novamente – a bola foi sobrar pela esquerda e, levantada na área, foi cabeceada por Fahel, mas saiu.

 

Uma boa chance veio aos 19, com chute forte de Barbio da área depois de passe de Roniery. O goleiro Marcelo Grohe fez boa defesa e no rebote ele conseguiu afastar novamente. A melhor oportunidade foi de Henrique – William Barbio tocou, o atacante dominou na área, avançou e mandou cruzado, mas o goleiro espalmou mandando para escanteio. O Grêmio respondeu com um chute de longe de Ramiro que assustou Lomba, mas foi para fora.

 

Aos 28, o lance que mudou a partida. Henrique recebeu boa bola e avançou e Geromel, atrasado, deu um carrinho por trás no atacante na entrada da área, recebendo o cartão vermelho direto. Na cobrança da falta, Rafael Galhardo cobrou no ângulo à esquerda de Grohe e abriu o placar para o tricolor baiano.

 

Depois do gol, o jogo diminuiu de intensidade. Aos 43, William Barbio avançou pela esquerda e chutou da entrada da área, mas a conclusão foi fraca e ficou fácil para Grohe defender. Aos 44, o Grêmio lançou a bola na área do Bahia, Walace conseguiu desviar de cabeça, mas Lucas Fonseca afastou.

 

Etapa final

 

No segundo tempo, o Bahia voltou com Rafael Miranda no lugar de Roniery. Embora o Bahia tenha conseguido bom domínio no começo da etapa final, as melhores chances vieram para o Grêmio. Aos 11, Barcos recebeu na área, teve espaço para girar e mandou no canto. Marcelo Lomba fez a defesa. Logo depois, Everton deu um chapéu e mandou um chute colocado à esquerda de Lomba, que ficou olhando a bola sair pela linha de fundo.

 

Aos 21 minutos, mais um lance de perigo gremista. Barcos cruzou pela esquerda para Zé Roberto, que da entrada da área chutou de primeira – a bola passou muito perto do gol de Lomba, que ficou com o tiro de meta. Pouco depois, Rafael Galhardo sentiu dores e foi substituído por Feijão.

 

A pressão do Grêmio continuava e o Bahia se esforçava para segurar o triunfo. Aos 41, Everton dominou e chutou forte de fora da área e Lomba espalmou para escanteio. Depois da cobrança, o Bahia conseguiu afastar. A bola foi parar com Jeam, pela direita – ele conseguiu finalizar com chute forte, mas a bola desviou em Ramiro e saiu.

 

No final da partida, o juiz deu 4 minutos de acréscimo e Lomba fez duas boas defesas para segurar o placar. Barcos recebeu na área, matou no peito e mandou com categoria uma bola cruzada que Lomba conseguiu espalmar para escanteio. Depois da cobrança de Zé Roberto, Titi desviou a bola, que acabou indo no cantinho do gol de Lomba, que novamente fez a defesa.

 

Fonte: Ibahia -Foto: Itaipava Arena Fonte Nova