Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 15/09/2016

Banco de Leite do Hospital da Mulher precisa de doação de frascos de vidro

01

O estoque de frascos de vidro no Banco de Leite do Hospital da Mulher não passa de dez unidades. A quantidade ideal seria pelo menos cinco vezes maior. São nestes recipientes que o leite é pasteurizado e estocado. Por isso, a possibilidade de que o alimento, importante na recuperação de bebês prematuros, seja desperdiçada é grande.

 
Principalmente entre as doadoras, que, se a situação se agravar, poderão ficar sem ter frascos de reposição e, assim, não ter onde estocar o excedente do seu leite. Daí a necessidade das pessoas doarem os frascos usados de café solúvel ou maionese, que tem tampa de plástico com rosca. A demanda por estes produtos é grande no BLH.

 
Alguns vidros são perdidos em pequenos acidentes, como queda. Outros racham quando submetidos após a variação de temperatura da pasteurização, que elimina micro-organismos nocivos. Depois deste período fica impróprio para o consumo. De acordo com a enfermeira Talitha Rios, nesta terça-feira, 13, não foi realizada pasteurização devido a falta de frascos.

 
“A falta de frascos pode levar as doadoras a se sentirem desestimuladas”, continuou a enfermeira. “Por isso pedimos a colaboração de todos”. A preocupação é potencializada pelo curto período no qual o leite pode ficar estocado à espera da pasteurização, que é de apenas duas semanas. Vencido o prazo, é descartado.

 
Os interessados em fazer doações podem entrar em contato pelos telefones 3602.7156 e o 3602.7155. Uma equipe do Hospital da Mulher vai buscar os fracos nas residências.

 
Secom