Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 14/01/2017

‘Bíblia gigante’ recebe famosos no Globo de Ouro: “Arrependam-se e creiam no evangelho”

aUma ‘Bíblia gigante’ com a mensagem “Arrependam-se e creiam no evangelho” saudou celebridades, quando elas começaram a chegar em Beverly Hills, Califórnia (EUA), no último domingo (8), para o 74º Prêmio Anual do Globo de Ouro, de acordo com o site Faithwire.

 

Anda não foi descoberto quem criou a réplica gigante da Bíblia, mas ela foi colocada no topo de uma plataforma com quatro rodas e uma placa com a inscrição “JESUS” e levada até a linha de segurança, onde passavam as limusines que transportavam as celebridades. Testemunhas disseram que um engarrafamento tornou a ‘Bíblia’ ainda mais visível para muitas das celebridades que participaram do evento.

 

“A linha de segurança do Globo de Ouro tem sua própria bíblia gigante!”, escreveu a repórter do BuzzFeed, Ariane Lange, que descreveu hever uma fila “insanamente longa” para chegar ao local do evento.

 

O músico e compositor Daniel Pemberton e a repórter do showbiz Sandy Cohen também postaram uma nota com fotos da ‘Bíblia gigante’ em suas contas no Twitter.

 
Momento notável

 

O site ‘Faithwire’ comentou que, com a exibição atraente da Bíblia, parece que “a dura repreensão de Meryl Streep a Donald Trump não foi o único momento de destaque da noite”.

 

Streep fez manchetes quando atacou o presidente eleito dos EUA, durante seu discurso, após receber o seu prêmio na cerimônia.

 

Em sua fala de seis minutos, Streep atacou Trump por seus discursos de campanha e também por supostamente ter zombado da deficiência física de um jornalista, durante um discurso em 2015.

 

Trump não perdeu tempo em responder à repreensão de Streep com uma série de tweets no início da segunda-feira última, chamando a atriz vencedora do Oscar de “uma das atrizes mais supervalorizadas de Hollywood” e um “capacho” da ex candidata presidencial democrata Hillary Clinton.

 

O presidente entrante dos EUA também se defendeu contra a alegação de que ele uma vez zombou de um repórter com deficiência.

 

“Pela centésima vez, eu nunca zombou de um repórter incapacitado (eu nunca faria isso), mas simplesmente mostrei-lhe o quão baixo ele foi quando mudou totalmente uma história de 16 anos, que ele tinha escrito, a fim de me fazer ficar mal”, Trump Twittou. “São penas mais mídias muito desonestas!”.

 

GUIAME