Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 10/07/2017

Bispo vereador propõe tombamento de coreto onde Edir Macedo começou a Igreja Universal

O coreto onde Edir Macedo começou a pregar logo antes de fundar a Igreja Universal do Reino de Deus, há quarenta anos, virou alvo de um projeto de lei que visa tomba-lo “por interesse religioso”.

 

João Mendes de Jesus (PRB) é vereador no Rio de Janeiro e bispo licenciado da Universal. Ele propõe que o local onde Macedo iniciou sua trajetória como pregador seja preservado e protegido contra intervenções que mudem suas características.

 

O local, inclusive, vem sendo usado como cenário de trechos do filme sobre a vida de Edir Macedo, que está em fase de produção e deverá chegar aos cinemas já em 2018.

 

De acordo com informações do jornal Extra, o vereador justificou sua proposta alegando interesse “cultural, histórico, religioso, social e turístico”, e usou trechos da letra da música “Segura na Mão de Deus” no texto.

 

Trajetória

 

“As sementes da fé […] como as pregações simples realizadas ali pelo jovem Macedo mudaram a vida das pessoas”, acrescentou o vereador, fazendo referência à época em que o líder religioso falava sobre sua fé às pessoas que passavam pela vizinhança.

 

“Com teclado, microfone e uma Bíblia, o então pastor Edir Macedo Bezerra ia todos os sábados ao bairro do Méier. Subia os sete degraus do coreto e pregava para poucos. Eram os primeiros passos da Igreja Universal”, narra o texto apresentado pelo vereador.

 

Embora o coreto do Jardim do Méier já seja tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (INEPAC) desde 1985, por considerá-lo de importância cultural, a assessoria de imprensa do vereador afirmou que o novo projeto é motivado pelo desejo de homenagear os 40 anos da Igreja Universal do Reino de Deus.

 

GOSPEL+