Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 06/06/2014

BRASIL JOGA MAL CONTRA A SÉRVIA, MAS FRED DECIDE DESPEDIDA ANTES DA COPA

G1

G1

O torcedor brasileiro espera não só o título na Copa do Mundo, mas também boas atuações em casa. Mas em um torneio de tiro curto, às vezes é preciso encontrar o gol mesmo quando o time não joga bem. Se contra o Panamá o líder foi Neymar, com o camisa 10 enrolado diante da pesada marcação da Sérvia, o Brasil precisou da bola aérea e do oportunismo de Fred para superar suas dificuldades e fazer 1 a 0 no Morumbi.

 

Pouco depois de ouvir parte da torcida no estádio do São Paulo gritar o nome de Luís Fabiano, o camisa 9 da Seleção decidiu e comemorou pedindo gritos da arquibancada. Um gol de raça, caído, assim como na última vez que havia marcado com a camisa do Brasil, na final da Copa das Confederações contra a Espanha, no ano passado.

 

Foi o último amistoso antes da estreia na Copa e teve muitos dos ingredientes que a equipe de Luiz Felipe Scolari deve encontrar na competição. Estádio lotado (foram 67.042 presentes), marcação dura sobre sua principal estrela, e pressão da torcida diante da dificuldade em vencer o esquema fechado do rival. Felipão orientou, esbravejou e reclamou, e conseguiu a vitória para fechar o período de preparação.

 

Os jogadores da seleção brasileira ganharam folga e já estão liberados. A reapresentação será na manhã de domingo, na Granja Comary. A estreia na Copa do Mundo acontece na próxima quinta-feira, contra a Croácia, às 17h (de Brasília) em São Paulo.

Globo.com