Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 18/06/2018

Brasil tem estreia na Copa com empate: 1×1 com a Suíça

O Brasil ficou no empate em 1 a 1 com Suíça, neste domingo (17), Arena Rostov, na Rússia, válido pela primeira rodada do Grupo E. O time canarinho saiu frente com Phillipe Coutinho no primeiro tempo, mas sofreu um gol ilegal de Zuber, no início da etapa final. O atleta empurrou Miranda antes de cabecear, e mesmo com reclamações dos brasileiros o árbitro validou o lance. Além disso, o juiz também não marcou um pênalti em Gabriel Jesus.

O time comandado pelo técnico Tite volta a campo na próxima sexta-feira (22) para encarar a Costa Rica, às 9h, no estádio de São Petersburgo. Já a Suíça vai pegar a Sérvia, no mesmo dia, às 15h, na Arena Baltika, em Kaliningrado.

O jogo

A primeira chegada foi da Suíça. Aos três minutos, Dzemaili recebeu da direita e finalizou. Mas ele arrematou mal e mandou para fora. O Brasil teve a oportunidade de abrir o placar aos dez. Neymar recebeu na área, gingou, tabelou com Philippe Coutinho. Paulinho apareceu e errou o gol por muito pouco.

A Suíça apresentava uma boa organização defensiva, mas o time canarinho jogava com cautela para tentar superar o “ferrolho suíço”.

Aos 17, o Brasil saiu na frente e com um golaço. Marcelo cruzou, a zaga afastou, mas a bola sobrou para Philippe Coutinho. O camisa 11 caprichou e acertou na gaveta do goleiro Sommer.

Após o gol, a Suíça tentava explorar os flancos pelo lado esquerdo, mas o Brasil não dava brecha.

O time canarinho teve uma chance de ampliar aos 32. Neymar cobrou escanteio na segunda trave e Gabriel Jesus subiu mais que todo mundo. Porém , ele errou o alvo cara a cara com Sommer.

Segundo tempo

O Brasil bobeou logo aos quatro minutos do segundo tempo. Após cobrança de escanteio, Zuber empurrou Miranda e cabeceou a bola para o fundo das redes. Os brasileiros reclamaram com o árbitro pediram o VAR porém o juiz ignorou o pleito e confirmou o tento.

Aos 11, Coutinho tentou duas vezes, a bola explodiu na zaga. Na sobra, Neymar recebeu, porém chutou pelo lado de fora da rede.

O Brasil sentiu o gol, mas tentava criar. Aos 24, Neymar acionou Coutinho, que tirou da zaga, mas de cara para o gol, ele mandou para fora.

Aos 34, um lance polêmico e nada de árbitro de vídeo. Renato Augusto lançou na área, Gabriel Jesus girou sobre a zaga e foi ao chão. O juiz seguiu o jogo nem pediu ajuda da tecnologia.

Neymar também tentou aos 42, mas o goleiro suíço fez boa intervenção. Aos 44, Firmino cabeceou e Sommer salvou sua equipe.

As informações são do Bahia Notícias.