Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 14/11/2014

Brinquedo traz imagem de “criança possuída” cortando o pulso

454x300xevilstick.jpg.pagespeed.ic.oG5uf_Lo0eEntre os vídeos on-line mais comentados e divulgados esta semana, dois chamam atenção por terem como tema alguma relação com o satanismo. Pelo menos é isso que pensam muitos cristãos americanos.

 

O primeiro é uma reportagem sobre um brinquedo infantil que traz uma imagem macabra em seu interior.

 

Embora seu nome seja “EvilStick” [Varinha do Mal], o formato de flor e cor rosa o torna atrativo para crianças que não sabem ler.
A denúncia foi feito por Nicole Allen, residente de Dayton, Estado de Ohio.

 

Poucos dias após ter comprado a varinha, sua filha de apenas dois anos retirou a cobertura metálica da parte traseira do produto. Acabou revelando uma imagem aterradora: uma criança que aparenta estar possuída por um demônio cortando o pulso com uma faca.
“É uma menina cortando seus pulsos! Fiquei indignada com isso”, afirmou Nicole, dizendo não saber que tipo de influência isso poderia ter em crianças pequenas.xevilstick-299x200.png.pagespeed.ic.-0J8s_WAuI

 

A queixa da mãe foi levada até Amar Moustafa, o dono da loja, que se recusou a tirar o brinquedo das prateleiras, alegando que não vê problema nenhum e que nem todos os clientes concordam com ela. Ressaltou ainda que os pais devem prestar atenção antes de comprar, pois o nome [Varinha do Mal] indica que não é varinha de princesas, e poderia ser adequada para crianças mais velhas.

 
O vídeo com a reportagem do dia 9 de novembro alcançou 5 milhões de visitas no Youtube em apenas 3 dias, além de ser amplamente comentado no Facebook, gerando um amplo debate sobre mensagens ocultas, especialmente entre cristãos.

 

 

Coincidentemente, o outro vídeo também foi postado dia 9 e ultrapassou 5 milhões de visualizações no Youtube. Sua versão para o Facebook se aproxima de 10 milhões.

 

 

Embora ridicularizado por muitos, foi destaque em vários sites religiosos. Na verdade, não é algo novo. Desde 2009 existem “denúncias” similares na internet, mas nunca o assunto recebeu tanta atenção.

 

Trata-se de uma análise do significado oculto nas latas do energético Monster. O vídeo mostra uma cristã explicando que o “M” no logotipo “Monster” na verdade é a letra hebraica “vav” repetida três vezes. Para os judeus, ela tem o valor de seis, por isso seria o número “666”.

 

Para a mulher não identificada, “Se Deus pode usar pessoas e produtos, Satanás também pode”. Ela chama atenção ainda para a letra “o” do nome Monster, que é cortado formando uma cruz. Quando alguém bebe da lata, a cruz fica de cabeça para baixo, um símbolo satanista.
“Você vira o fundo e o diabo ri”, diz ela. “É algo para se pensar.”

 

Também faz parte de seu argumento, o lema do energético “Unleash the Beast” [Liberte a Besta], termo que segundo ela, lembra a besta mencionada em Apocalipse. A Monster Beverage Corp., que fabrica o energético não se manifestou sobre o assunto até o momento.
Para muitos esses assuntos são bobagens e “teorias da conspiração”, para outros, porém, mensagens com influência do maligno estão presentes no dia a dia e os cristãos precisam estar alertas e serem cuidadosos.

 

Com informações de Huffington Post e Christian News