Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 25/01/2018

Cadela “Chocolate” espera por um lar, após morte do dono

Chocolate” é uma cadela vira-lata, cujo nome está associado a sua cor amarronzada. Ela e outros dezenas de cães, e também gatos, estão a espera de alguém interessado em sua adoção, no Centro de Controle de Zoonoses, órgão da Secretaria Municipal de Saúde. O CCZ, como é conhecido, fica na Av. Eduardo Fróes da Mota, 409-431 – Jussara.

 

No caso de “Chocolate”, há quatro meses ela se encontra sob os cuidados da instituição. Por algum tempo a cadela esperou pelo dono. Mas após um período internado no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), ele acabou morrendo. Depois disso, o animal teve que ser resgatado pelo CCZ.

“Aconteceram algumas vezes de Chocolate fugir e quando a encontrávamos, ela estava a caminho do hospital em busca do seu dono. É comovente”, relata, emocionada, a coordenadora do Centro de Controle de Zoonoses, veterinária Mirza Cordeiro.

 

Cerca de 50 animais domésticos, entre cães e gatos, aguardam por adoção no Centro de Controle de Zoonoses. São animais resgatados pelo órgão com doenças zoonóticas ou em situação de abandono que passaram por tratamento e estão aptos a doação. Cães e gatos adultos têm maior dificuldade de serem adotados.

 

“Infelizmente, o CCZ não é abrigo animal. A gente funciona no controle de doenças zoonóticas. Resgatamos e tratamos os animais mediante solicitação da comunidade. Porém, mesmo curados acabam ficando no centro a espera de adoção, o que causa uma superlotação no local”, afirma a coordenadora do órgão, Mirza Cordeiro.

 

Para incentivar e ampliar o número de adoções, o órgão municipal realiza feiras a cada duas semanas, na loja Proagro, localizada na avenida Getúlio Vargas. “Na última feira foram adotados apenas dois dos 15 animais disponíveis. É um número muito baixo”, considera Mirza. Mas ela não perde a esperança: “São dóceis. Necessitam de carinho e um pouco mais de atenção”.

 

Quem tiver o desejo de adotar um animal, deve se dirigir ao CCZ que está localizado na avenida Eduardo Fróes da Mota, no bairro Jussara. Os interessados podem comparecer entre segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 15h. É necessário ser maior de 18 anos, apresentar um documento de identidade, comprovante de residência e assinar um termo de responsabilidade pelo animal. Vale lembrar que a adoção é imediata.

 

 

Secom