Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 26/04/2018

Caio Blat posta foto considerada machista e artistas se revoltam

Uma foto publicada na terça-feira, 24, pelo ator Caio Blat está dando o que falar nas redes sociais – inclusive entre seus colegas artistas.

 

Ao lado de uma mulher utilizando uma camiseta onde está escrito “Bruta não, mal domada”, junto a um desenho com os contornos de uma mulher em cima de um cavalo, puxando um homem por uma corda, Caio colocou a mesma frase na legenda.

 

Nos comentários houve muita discussão. Entre os seguidores de Caio que criticavam a camiseta, destacaram-se algumas personalidades.

 

A atriz Maria Casadevall, por exemplo, ficou revoltada: “Onde é que está a piada? Por que faz rir a ideia de que uma mulher tenha que ser domada? Por que faz rir a ideia de que uma mulher e um animal ocupem o mesmo lugar diante do homem na supremacia do macho? Pergunto: Se ela é bruta, deveria ser domada por quem? por que?”

Em seguida, complementou: “Se alguma coisa tem que ser domada são ideias e comportamentos que fabricam piadinhas aparentemente inofensivas que apenas servem para legitimar o funcionamento de nossa sociedade doente e machista que mata mulheres todos os dias. Isso não é engraçado. É violento. É bruta sim, se ela quiser. E o que mais ela quiser ser. Machistas não passarão.”

 

Ao seu lado também estava Carolinie Figueiredo, conhecida por ter participado de Malhação há alguns anos. “Eu fiquei olhando pra essa foto durante cinco minutos hoje tentando entender essa frase! Me decidindo se comentava ou não… Era apaixonada por ele como ator e como homem também. Parei de seguir quando veio defender José Mayer. Não entendo porque postar uma foto dessa com essa legenda…”

 

“O mundo caminhando pra frente e esse povo regredindo com ‘piadas’ reprodutoras de machismo e opressão. E seguimos na limpeza das redes sociais!”, complementou.

 

Nem todos, porém, tiveram a mesma impressão negativa. Guta Stresser, a eterna Bebel de A Grande Família, deu risada: “Amei! Quero uma!”.

 

Ao ser questionada por outra usuária, rebateu: “Lembrei de Shakespeare, só isso. Da peça A Megera Domada. Será que o bardo era machista? Provavelmente… Mas isso não tirava o mérito de ser Shakespeare… Enfim, diálogo é ótimo sempre.”

 

Quem também aprovou a postagem foi Virgínia Cavendish: “Maravilhoso! Quero uma dessa, Caio Blat”. “A frase não me remeteu hora nenhuma ao machismo. A pessoa pode ser domada por diversas coisas e situações. Inclusive por ela mesma e seus medos. Por um pai, uma mãe, uma filha e até por outra mulher”, respondeu a uma seguidora, ressaltando que viu a postagem “como piada, e não como dogma”.

 

Cavendish ainda gastou mais algum tempo discutindo com outros internautas nos comentários. Johnny Massaro, ator de Deus Salve o Rei, publicou risadas em letras garrafais e elogiou Blat: “Te venero”.

 

Outros dois artistas também foram citados, por supostamente terem curtido a foto, Alice Wegmann e Gabriel Leone. Os internautas se dividiram entre apoiar e criticar os dois grupos.

 

 

Informações do Estadão