Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 27/07/2017

Centro do Idoso de Feira, já em obras, será um dos maiores do Nordeste

Até abril do próximo ano, os idosos de Feira de Santana ganharão um espaço de convivência que vai atender plenamente as suas necessidades de lazer, cultura e esportes. Nesta sexta-feira, 21, o Governo Municipal deu início a construção do Centro de Atenção à Pessoa da Terceira Idade, que começou a ser erguido no bairro Muchila, ao lado do Centro de Cultura Maestro Miro.

 

Batizado de Centro do Idoso, o equipamento vai ocupar 800 metros quadrados de área construída e está orçado em R$ 1 milhão. O projeto, elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano, contempla dois consultórios, uma academia, salão de dança, salas de massagem e de jogos,um auditório conversível para cinema, refeitório, sala de artesanato, piscina e estacionamento. O espaço abrigará o Centro de Convivência Dona Zazinha Cerqueira, uma instituição mantida pela Prefeitura Municipal, e que vem funcionando numa casa alugada.

 

Recepcionado festivamente no ato público por um grupo de senhoras idosas do Centro de Conivência Dona Zazinha, o prefeito José Ronaldo disse que o equipamento vai atender a um grande número de pessoas de toda a cidade. “Será, sem dúvida, um projeto grandioso e o Poder Público não gastou um centavo pela aquisição deste terreno. Estava doado a Associação dos Enfermeiros, que teve sensibilidade e como não conseguiu construir aqui, entregou de volta ao Município”.

 

O futuro Centro de Convivência vai definitivamente colocar Feira de Santana entre os poucos municípios brasileiros que têm os idosos como prioridade, comemorou o secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira.

 

A presidente do Conselho Municipal do Idoso, Cassilda Miranda Silva, considerou a iniciativa “um conjunto de esforços e do trabalho do Conselho junto à gestão municipal em definir um espaço onde a política pública para o bem estar da Terceira Idade seja contemplado, e Feira de Santana já conta com uma população com 60 anos ou mais que nos permite ter um Centro para atendê-los”.

 

O ato contou com as presenças dos secretários José Pinheiro (Desenvolvimento Urbano), Valdomiro Silva (Comunicação), os vereadores Isaias de Diogo, Cadimiel Pereira, Roberto Tourinho, Carlito do Peixe, Gilmar Amorim, João Bililiu e Gerusa Sampaio.

 

Secom