Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 10/07/2015

Chuva e apoio do governo municipal animam agricultor feirense

Chuva-Planta__o-Fotos-Washington Nery-07-07-15 (1)A constatação feita pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Feira de Santana é que este ano o município tem todas as condições para garantir uma boa safra. Entre os fatores que contribuem para a expectativa otimista, o principal é a chuva.

 

“Nossa análise se baseia no início do período chuvoso que era esperado para o mês de maio e na realidade começou até um pouco antes da data prevista”, explica José Ferreira Sales, presidente do sindicato.

 

O volume de chuva tem sido suficiente para o bom desenvolvimento das duas principais culturas de subsistência: o milho e o feijão, que vão começar a ser colhidos a partir de Agosto. A única dúvida é se até lá ainda vai chover em excesso, pois nesse caso haveria perdas.

 

A Prefeitura ajudou o pequeno produtor cadastrado na Secretaria Municipal de Agricultura, fornecendo máquinas para o preparo do solo e distribuindo 60 toneladas de sementes, beneficiando cerca de 10,5 mil famílias. A produção esperada é de 2,4 mil toneladas de leguminosas.

 

A produtividade vai permitir o abastecimento próprio do agricultor. “A lógica está na lei da oferta e da procura. Em vez de comprar, muitos agricultores vão é vender”, garante Juvêncio Bispo, produtor rural residente no distrito da Matinha.

 

ANIMAIS

 

Entre os distritos de Jaguara e Maria Quitéria as pastagens estão bem desenvolvidas, assim como em Bonfim de Feira e Governador João Durval (Ipuaçu). “Até 2016 não deve faltar água para os bichos”, prevê, satisfeito, o presidente do sindicato. A Prefeitura realizou intervenções em centenas de aguadas de pequenas propriedades rurais ampliando a capacidade de armazenagem. Foram priorizadas aquelas que, mesmo em área privada, são de uso comunitário.