Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 06/06/2017

Cientistas e pastores irão preparar jovens para manterem a fé na vida universitária

Um dos maiores desafios da vida universitária para um cristão é lidar com as diversas propostas que podem definir a sua fé — sejam elas morais, científicas ou filosóficas.

 

Com o objetivo de preparar jovens para lidar com os questionamentos da jornada acadêmica, pastores e cientistas estarão reunidos no Encontro Nacional de Universitários, que será realizado entre 28 e 30 de julho em Sumaré, no interior paulista.

 

Segundo o pastor Junior Mendes, que está na organização do evento, a ideia de realizar esse encontro surgiu do aumento de jovens cristãos que entram nas universidades e se deparam com uma grande dispersão do Evangelho.

 

“Em um mundo onde a ciência, a cultura e o ambiente acadêmico têm dito que Deus não existe e que a realidade é simplesmente objetiva, muitos cristãos têm entrado nesse discurso”, disse ele em entrevista ao Guiame.

 

Para reforçar o tema do encontro, “A Razão da Fé”, estarão presentes pastores e cientistas renomados na área acadêmica, como Adauto Lourenço, mestre em Física pela Clemson University; Everton Alves, mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Estadual de Maringá (UEM); o teólogo Michelson Borges, membro da Sociedade Criacionista Brasileira e a missionária Andréa Vargas, palestrante na área de Sexualidade Humana e Desenvolvimento Comunitário. Além disso, um momento de adoração será conduzido pelo cantor Paulo César Baruk.

 

“É importante trazer pessoas que vivem o contexto das universidades, mas também têm fé em Deus, e pastores que têm ligação com o ministério jovem, a fim de mostrar que existe um contraponto sobre toda essa cultura que está sendo colocada aos estudantes”, avalia Mendes.

 

O encontro é baseado no texto bíblico de 1 Pedro 3:15, que orienta os cristãos a estarem sempre preparados para responder a qualquer pessoa que questionar a razão de sua fé.

 

“Esse evento tem a potência de mexer com o jovem universitário para que ele saia disposto a fazer a diferença em seu ambiente, a ser mais proativo em relação ao seu testemunho e responder melhor à todos os ataques que a universidade apresenta”, acrescenta Mendes. “Quem estiver conosco terá uma oportunidade rica e quase única para enfrentar o mundo, a ciência e a universidade com uma outra perspectiva — a perspectiva do Reino de Deus”.

 

GUIAME