Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 08/07/2014

Colombiano que tirou Neymar da Copa não receberá punição da Fifa

61231-2O jogador colombiano Zuñiga, causador da contusão que tirou Neymar da Copa do Mundo de 2014, não será punido pela Fifa. A decisão do Comitê Disciplinar da entidade sobre a entrada do colombiano sobre o brasileiro foi divulgada nesta tarde.

 

A Fifa informou que não foram atendidos os requisitos necessários para se estabelecer uma punição. Primeiro, o árbitro Carlos Carballo viu o lance, apesar de não ter dado nenhuma punição, e sequer uma falta.

 

“Em particular, neste caso específico, nenhuma ação retrospectiva pode ser tomada pelo comitê, desde que o incidente envolvendo o jogador Juan Camilo Zuñiga não escapou à atenção dos oficiais (árbitros), que é a primeira das duas condições acumulativas necessárias (para um processo)”.

 

Segundo, só poderia ser dada uma punição se houvesse um erro óbvio do juiz, principalmente no caso dele dar uma cartão para o jogador errado. Assim, não foram atendidas as condições do artigo 77, que prevê punição após jogo. “É importante notar que as condições para que o Comitê Disciplinar possa intervir em qualquer incidente tem que ser considerado independentemente das consequências do incidente, como a infeliz contusão sofrida pelo jogador”, afirmou a decisão do comitê disciplinar.

 

Zuñiga deu uma joelhada nas costas de Neymar nos minutos finais de Brasil x Colômbia, pelas quartas de final da Copa. O ato acabou quebrando uma das vértebras do brasileiro, que não poderá mais jogar neste Mundial.

 

Pouco após a partida, Zuñiga disse ter ficado chateado por ter tirado Neymar do Mundial, frisando que não teve o intuito de lesionar o atacante brasileiro.Em vídeo, Neymar chorou ao comentar seu afastamento da seleção após ordem médica. O atacante afirma que o “o sonho de ser campeão não acabou”.

 

“É um momento muito difícil faltam palavras para descrever isso que está no meu coração. Só quero dizer que vou voltar o mais rápido possível. Quero agradecer a todos pelo carinho, pelas mensagens. Quero dizer que meu sonho não acabou. Eu vou fazer de tudo para que eu possa voltar logo. E eu vou torcer pelos meus companheiros e sei que eles vão fazer o melhor. Dessa vez não vai dar, vamos ser hexacampeões, vamos ser campões juntos. Nos, brasileiros vamos ser campeões juntos”, falou o jogador.

 

Neymar não precisará passar por cirurgia, mas precisará esperar entre seis e oito semanas para voltar a jogar. Durante a recuperação, o atleta usará uma cinta lombar segundo informa o departamento médico da CBF.

 

“Esse tipo de fratura leva de três a seis semanas para que haja a consolidação. No momento em que a dor for desaparecendo, e vai ser feito uma tomografia, você vai liberando o atleta”, falou José Luiz Runco, médico da seleção.

 

O zagueiro Thiago Silva está fora das semifinais da Copa do Mundo. A Fifa ignorou os apelos da CBF e decidiu manter o cartão amarelo dado ao defensor na partida contra a Colômbia pelas quartas de final. Desta forma, ele cumpre suspensão automática no jogo contra a Alemanha, na próxima terça-feira, em Belo Horizonte.

 

As informações são do Uol.