Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 10/09/2014

Com gol de Willian, Seleção vence o Equador em amistoso nos EUA

RTEmagicC_brasilequadorAFP.jpgDepois de vencer a Colômbia na última sexta feira na reestreia de Dunga frente à seleção, o Brasil voltou a campo na noite desta terça feira. Jogando em New Jersey a seleção Canarinho não decepcionou e venceu o Equador por 1 a 0, gol marcado pelo meia Willian.

 

Sem Maicon, dispensado no final de semana por indisciplina e David Luiz machucado, Danilo e Marquinhos entraram no time titular. Tentando manter um padrão de jogo, Dunga só fez as alterações necessárias e manteve toda a base do time que venceu a Colômbia por 1 a 0.

 

1º Tempo

 

As duas seleções entraram lentas em campo e demoraram para criar oportunidades de gol. Mesmo com mais posse de bola, o Brasil não conseguia furar o bloqueio imposto pelos equatorianos que se aventuravam ao ataque, apostando na velocidade de Valencia.

 

A primeira oportunidade do jogo só apareceu aos 22 minutos quando Neymar foi lançado em velocidade por Felipe Luis do campo de defesa. O atacante do Barcelona arrancou com a bola em diagonal, entrou na área, mas pressionado pelo zagueiro acabou batendo mal na bola que passou sobre o gol de Domínguez.

 

Nove minutos depois, Oscar cobrou falta no campo de ataque para Neymar na intermediária. O atacante, de primeira, deixou Willian em ótima posição na área, pela esquerda. O meia dominou a bola, avançou e bateu cruzado, no canto esquerdo, sem chance alguma para Domínguez. O Brasil abria o placar após uma bela jogada ensaiada.

 

Atrás no marcador, o Equador partiu para cima do Brasil e pressionou a seleção de Dunga nos últimos minutos do primeiro tempo. Aos 36 minutos, Valencia recebeu pela direita e dentro da área, pressionado pela marcação, arriscou o chute para o gol. A bola explodiu na trave esquerda de Jefferson que chegou atrasado no lance e deu um susto no torcedor brasileiro presente no estádio.

 

2º tempo

 

As duas equipes mostraram um futebol melhor no segundo tempo. A seleção equatoriana partiu para cima do Brasil para buscar o empate e criou boas oportunidades no segundo tempo. No entanto, acabou deixando espaços na marcação que deixou o Brasil chegar com certo perigo.

 

Logo com 2 minutos, Danilo fez uma bela jogada na linha de fundo pela direita e tocou para Neymar na pequena área. O atacante desviou para o gol, mas a bola acabou subindo demais e explodindo no travessão de Domínguez que agarrou a bola na sequência.

 

Aos 16 minutos foi a vez do Equador assustar. Paredes levantou a bola no segundo pau da lateral direita e encontrou o atacante Valencia. O jogador equatoriano testou para o gol, mas viu Jefferson desviar de leve e na sequência Felipe Luis afastar em cima da linha para salvar a Seleção Canarinho do empate.

 

Quinze minutos depois, Éverton Ribeiro pegou a sobra depois da tentativa de Neymar e do lado esquerdo da área arriscou para o gol, tentando enconbrir Domínguez. O goleiro equatoriano saltou na bola e com a ponta dos dedos conseguiu fazer o desvio.

 

O Equador não desistiu até o último minuto. Aos 43, Noboa deixou Fernandinho no chão na lateral direita e levantou para Valencia que chegava no segundo pau. O atacante subiu mais alto que Marquinhos e de cabeça, mais uma vez, jogou para o gol brasileiro. A bola passou lentamente próximo a trave direita de Jefferson na última oportunidade do jogo.

 

Correio, com foto da AFP