Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 20/11/2014

Comerciantes conhecem videomonitoramento

SEPREV-Apresenta__o-C_mara Monitoramento-Comerciantes-Fotos-Washington Nery-17-11-14 (4)Os comerciantes e empresários de Feira de Santana aprovam o sistema de videomonitoramento e a maneira como o serviço vem sendo prestado à comunidade. Em visita às instalações da central, na Secretaria de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev), os dirigentes da Associação Comercial e Empresarial de Feira de Santana (Acefs) puderam conhecer de perto o funcionamento do equipamento com o mesmo software usado em metrópoles do Brasil e no exterior.

 
“É um equipamento avançado tecnologicamente e de grande utilidade do ponto de vista prático”, elogiou o presidente da Acefs, Marcelo Alexandrino. As câmeras cobrem cerca de 80% da cidade, giram até 360º e garantem através de zoom (recurso de aproximação da imagem) soluções mais completas para a necessidade de uso de imagens pelas autoridades de segurança pública.

 

Alguns dos dirigentes da Associação Comercial, a exemplo de Mauro Ricardo de Freitas Souza, se disseram surpresos e admirados com a avançada tecnologia usada no sistema. “Não sabia que já tínhamos um equipamento com essa capacidade”, comentou Souza.

 

O secretário Mauro Moraes explicou aos visitantes com total transparência quais os critérios para uso das imagens. “O material só é liberado a partir de uma decisão do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM)”, disse. Fazem parte do órgão a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, a própria Seprev, entre outros orgãos de segurança.

 

Em apenas 90 dias de funcionamento, o serviço de videomonitoramento, que conta com pessoal treinado para a função, já atendeu quase 50 solicitações de gravações, feitas pela polícia à central na Seprev.

 

Os empresários solicitaram da secretaria municipal uma atenção especial ao centro comercial de Feira de Santana, que está iniciando um dos períodos de maior movimento de pessoas, com as compras de fim de ano.

 

As informações são da Secom.