Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 10/02/2015

Comércio de carnes no Centro de Abastecimento dentro das normas legais

Reinaugura__o do Galp_o de Carne do Centro de Abastecimento-fotos Jorge Magalh_es (46) As carnes expostas em balcões frigoríficos recebem refrigeração e atraem os olhares do consumidor. A comercialização dos produtos de origem animal neste setor do Centro de Abastecimento agora está dentro das normas. Toda a estrutura, que passou por reforma, foi reentregue aos comerciantes e açougueiros na manhã desta segunda-feira, 9, em ato que contou com a presença do prefeito José Ronaldo de Carvalho.

 
Além dos boxes onde são vendidas as carnes de boi, carneiro e porco, há os espaços destinados a comercialização de frangos, defumados e vísceras. Há 12 anos vendendo fígado no entreposto comercial, Josélia Ribeiro, 48, comemora o novo espaço. “Ocupava um box emprestado de um outro açougueiro. Com a reforma, conquistei o meu local de trabalho”, contou.

A reforma no Galpão de Carnes José Carlos Almeida Santana segue as normas estabelecidas pela portaria 304 do Ministério da Agricultura. Além dos balcões frigoríficos instalados em cada box, foi colocado revestimento cerâmico, piso de alta resistência, pias, substituição do telhado por estrutura metálica e a manutenção geral das instalações elétrica, hidráulica e pintura. Um investimento de aproximadamente R$ 1,5 milhão – os balcões foram comprados pelos próprios comerciantes.

Há mais de vinte anos instalado no Centro de Abastecimento, o açougueiro Floresmundo Cerqueira, 57, acredita que o comércio de carnes vai ter uma melhora significativa. “Essa reforma vai atrair mais consumidores para o centro”, prevê. Atento as palavras do açougueiro, o comerciante Irineu Paz, 66, acrescentou que aliado a isso, as pessoas ainda preferem o Centro de Abastecimento por conta dos preços acessíveis e a variedade de produtos.

O prefeito José Ronaldo observou que a reforma do galpão resultou em um novo espaço, com condições mais adequadas para a comercialização das carnes, tanto no manuseio quanto na conservação. “Os boxes ficaram muito bonitos, dotados de equipamentos novos e modernos”, disse. Ele afirmou que investimento semelhante será levado também para as feiras-livres.

Além dos boxes de carnes, os laticínios, mercearias, restaurantes e lanchonetes instalados nessa área também passaram pela reforma. O secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, assegura que esse trabalho faz parte de um projeto que pretende modernizar o entreposto comercial.

A iniciativa contou com o apoio da Associação dos Abatedores de Carnes e Sindicato dos Feirantes. Esta é a primeira reforma geral realizada no galpão de carnes desde maio de 2003, quando foi reconstruído na primeira gestão do prefeito José Ronaldo. O ato foi prestigiado, ainda, por secretários municipais e vereadores.