Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 13/03/2017

Como resolver problemas com internet lenta?

Quase todos nós já sofremos com problemas causados pela internet lenta. A conectividade quase constante traz muitos benefícios, mas também exige certo grau de dependência sobre a estabilidade da conexão. Seja para trabalho ou lazer, parece que a internet falha sempre na hora em que mais precisamos dela. O problema tende a se agravar à medida que mais dispositivos são ligados. Se você já tentou de tudo e não resolveu o problema, veja algumas dicas:
1. Há downloads em andamento?

 

Quando há um consumo de banda além do comum, a internet, naturalmente, tende a ficar mais lenta. Se você precisa fazer algo importante, como uma conferência por Skype, verifique com os outros usuários de internet do local se é possível interromper alguns downloads enquanto você realiza sua tarefa. O ideal é que arquivos muito pesados sejam baixados durante a noite, especialmente se a sua banda contratada não for boa o suficiente.

 
2. A senha da sua internet é segura o bastante?

 

Se você está enfrentando problemas com internet lenta, é possível que alguém além dos membros da sua família esteja usufruindo dela. Antes de mais nada é preciso ter uma senha segura, padrões óbvios são facilmente deduzidos por “ladrões” de internet, por isso não são recomendados. Experimente trocar a senha regularmente e verificar se o problema continua.

 
3. A internet está lenta só no seu aparelho?

 

Muitas vezes o problema não está na internet, mas sim no dispositivo. Para saber a diferença é fácil: basta verificar se a internet lenta também acontece em outros computadores ou dispositivos da casa. Se for só em um deles, provavelmente terá que modificar as configurações ou procurar um técnico.
4. O roteador tem potência o suficiente?

 

Se você está certo de que a internet contratada é veloz o bastante, não há pontos de fuga, nem problemas com o computador ou dispositivo móvel, a internet lenta pode estar sendo causada por uma dificuldade para que o sinal chegue até todos os pontos da casa. Para resolver esse problema você pode: trocar o roteador por outro mais potente, instalar um segundo roteador com modo repetidor ou comprar um repetidor de sinal.

 

O que o roteador tem a ver com a minha internet lenta?

 

Muita coisa. Especialmente em residências muito grandes, os aparelhos mais comuns não têm potência suficiente para ter um bom sinal Wi-fi em todos os lugares, tornando a internet lenta. Isso é um grande incômodo, já que de nada adianta ter um celular ou tablet se há necessidade de estar sempre no mesmo ambiente.

 
Outro fator decisivo e que também é afetado pela potência do aparelho é o número de dispositivos conectados ao mesmo tempo. Hoje, na maioria das casas há pelo menos uma conexão por pessoa, às vezes mais. Quando não se tem um aparelho adequado, a rede fica sobrecarregada e a consequência é a internet lenta.

 

Um excelente equipamento para atender essa necessidade é o WIN 300, da Intelbras. Conhecido no mercado como roteador “fura-parede”, ele foi projetado com 2 antenas de 5dbi e 500 mW de potência, cinco vezes mais que os tradicionais. Isso quer dizer que terá uma maior cobertura de sinal de internet e uma velocidade interessante, com 300 mega de velocidade.

 

 

A compra de um roteador potente como o WIN 300 também exclui a necessidade de ter que interromper a conexão de outros usuários para que o acesso fique estável, suportando diversas conexões ao mesmo tempo. Além disso, o aparelho possui modo repetidor, expandindo ainda mais seu alcance de sinal.

 
G1