Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 26/06/2017

Companhia aérea quer cobrar mais barato e levar passageiros em pé

Quem nunca andou em pé no transporte público? A cena é comum nos ônibus, trens e metros pelo mundo a fora. E é por isso que o fundador e CEO da companhia aérea VivaColombia, Willian Shaw, acredita que muitas pessoas gostariam de pagar mais barato para viajar e a opção seria voos que permitissem que os passageiros viajem em pé.

 

“Se podem aguentar uma horinha viajando em pé de ônibus por que não podem ficar uma hora de pé em um vôo para Cartagena ou Amazonas?”, disse Willian em entrevista à rádio Caracol.

 

A VivaColombia quer revolucionar o mercado da aviação e oferecer tarifas mais baixas, de acordo com o El Pais. No entanto, a proposta é inviável, segundo destaca o El Espectador, pois as normas de segurança em voos são muito rígidas.

 

Alfredo Bocanegra, diretor da Aeronáutica Civil da Colômbia, avalia que a proposta é inadequada e discriminatória com os que teriam que viajar de pé. “Não é possível admitir que algumas crianças possam ficar no colo de seus pais e outras por serem pobres tenham que viajar de pé se submetendo a esse constragimento”, disse à rádio Caracol.

 

Além disso, Bocanegra argumenta que a medida vai contra as medidas de segurança. “Já imaginou se uma pessoa de 120 quilos viajando de pé cai em cima de uma criança, um idoso ou em alguém com deficiência?”, questionou.

 

O UOL recorda que, em 2015, a companhia chinesa Spring Airlines já havia lançado a ideia, com um plano de tarifas baixíssimas para passageiros que se dispusessem a viajar de pé. Antes disso, em 2010, a Ryanair, da Irlanda, já havia se interessado pela alternativa, através de um assento vertical adaptável, que seria utilizado em viagens curtas. Ambas as propostas não avançaram.

 

YAHOO NOTÍCIAS