Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 24/08/2016

Comunidade celebra reabertura da Escola Maria Helena Queiroz, no Fraternidade

unnamed (5)

A comunidade do conjunto Fraternidade e adjacências prestigiou na tarde desta segunda-feira, 22, a reabertura da Escola Municipal Maria Helena Queiroz que atende a 402 alunos de Educação Infantil, do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A escola foi totalmente reformada e ganhou mobiliário novo em todos os setores.

 
A diretora da escola, Josemeire Tereza Fontes, destacou a estrutura do prédio, “agora mais colorida e confortável. Para nossa comunidade, este é um momento muito especial, dia de celebrar esta nova conquista, já que ganhamos um prédio mais bonito e adequado para nossos alunos e professores”.

 
A escola tem 9 salas de aula e atende a 20 turmas; além da equipe de gestão – composta por uma diretora e duas vice-diretoras – 12 professores atuam na escola, bastante visitada por pais, mães e diversas pessoas da comunidade. “É uma escola que funciona muito bem, confiamos nossos filhos e netos tranquilamente, certos de quem estão num espaço adequado”, ressalta a sorveteira Terezinha Maria da Silva, avó de Ianna Beatriz de Oliveira Silva, do 1º ano. “Minha neta já está lendo muito bem”, completa.

 
O prédio dispõe de diretoria, Sala de Recursos, cozinha, arquivo, depósito, despensa, bateria de sanitários e biblioteca. A escola ganhou pintura geral, requalificação dos sanitários, revisão elétrica, hidráulica e ainda retalhamento. O Projeto Reequipar garantiu aos espaços equipamentos e mobiliário novos, que oferecem maior durabilidade e qualidade em todos os setores. As carteiras e cadeiras das salas de aula são coloridos e adequados aos espaços.

 
Durante sua fala a secretária de Educação, Jayana Ribeiro, agradeceu pela parceria com a comunidade e pediu a contribuição de todos para manter o prédio e os setores preservados. “A escola precisou funcionar em imóvel alugado enquanto a reforma era feita, todos aguardaram ansiosamente, agora, pedimos aos pais e à comunidade que ajude os professores a cuidarem desse espaço a fim de que seja sempre preservado”, observa.

 
A solenidade de reinauguração contou também com a presença de secretários e membros das equipes técnicas de outras secretarias; a patronesse da escola, Maria Helena Queiroz, também prestigiou a cerimônia. “Fico feliz ao ver que a luta que empreendemos anos atrás para conseguir a fundação da escola seja reconhecida e que ela tenha uma boa estrutura, funcionando num espaço adequado”, afirma a professora Maria Helena.

 
Secom