Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 18/08/2015

Copa Evangélica reúne 1.600 atletas e promove integração social: “Vidas transformadas”

copa-evangelica-amazonasUma competição de futebol organizada por igrejas evangélicas no Amazonas está reunindo 1.600 atletas em sua segunda edição. A iniciativa promove evangelismo e integração social de forma conjunta.

 

A edição 2015 da Copa Evangélica de Futebol do Amazonas tem um regulamento que, além de observar as regras do futebol, exige que os jogadores inscritos participem de um momento de oração antes das partidas, e proíbe violência e palavrões durante os jogos.

 

“Aqui na nossa cidade, infelizmente a gente vê uma violência muito grande nos campeonatos de bairros. Já a nossa Copa serve para reintegrar vidas à sociedade. São testemunhos de pessoas que cuidavam de boca de fumo, andavam com armas e hoje conhecem a palavra de Deus através do futebol”, diz Luiz Mendes, responsável pela organização da competição.

 

De acordo com o Portal Amazônia, outra curiosidade do regulamento é que cada time inscrito pode ter quatro jogadores não-evangélicos no elenco. “O melhor de tudo é que esses quatro sempre terminam o campeonato aceitando Jesus, com suas vidas totalmente transformadas”, revela o dirigente.

 

As histórias acumuladas, no entanto, nem sempre são 100% felizes, de acordo com Mendes: “Tem um time do Aleixo onde os quatro não-evangélicos eram braço direito do ‘cabo’ que mandava no negócio [tráfico]. Em um dos dias [de jogos], só dois deles foram pro jogo. Os outros dois não resistiram à tentação e acabaram mortos naquela madrugada”, lamenta.

 

O evangelismo, segundo Mendes, permitiu a um líder evangélico que ilustrasse a mensagem pregada para seu próprio filho: “Esse pastor até hoje agradece porque ele não conseguia falar do amor de Deus pro filho dele. Aí ele montou o time e isso fez com que o filho dele largasse a pistola e se reconciliasse com a família”, resume.

 

Gospel +