Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 03/11/2017

Creche Municipal Dalva Suzart inaugura espaço lúdico e colorido dedicado à leitura

Um ambiente colorido, lúdico e alegre, adaptado às crianças de um a cinco anos, e totalmente dedicado à leitura. O novo ambiente foi aberto aos alunos e pais na Creche Municipal Professora Dalva Suzart Gomes, que fica no Alto do Papagaio, na manhã desta quarta-feira, 1º.

 

A Sala de Leitura foi pensada como espaço de diversão. As gestoras e professoras da escola capricharam na decoração que deixou o ambiente superconvidativo. “Todo dia lemos livros e contamos histórias para as crianças, elas adoram”, destaca a professora Selma Mendes, coordenadora pedagógica da creche.

 

Apesar de não estarem ainda alfabetizados, os alunos da Educação Infantil estão se familiarizando com as letras e praticam a pseudoleitura, quando eles inferem as situações a partir das imagens que os livros trazem.

 

A creche, uma das primeiras a integrar a Rede Municipal de Ensino, atende a aproximadamente 200 crianças, divididas entre os grupos 1 e 5. A leitura sempre foi um recurso abundante na escola, agora, com a nova biblioteca os professores querem investir ainda mais no desenvolvimento dos alunos.

 

“Todas as nossas salas têm ‘cantinhos de leitura’, mas sentimos a necessidade de um espaço mais lúdico e voltado exclusivamente para os livros. Ler é muito importante e inserir esse gosto ainda na infância é fundamental para que os estudantes se tornem adultos que tenham a leitura como hábito”, comenta a coordenadora Selma Mendes.

 

“Leio sempre para o meu filho e ele lê para mim. Mesmo não entendendo o que as palavras significam, ele observa as páginas e cria suas próprias histórias a partir da imaginação. Os gibis são as leituras favoritas dele por conta das figuras”, conta Shirlene Barbosa, mãe de Hugo Barbosa, 6 anos, aluno do grupo 5.

 

Hugo confirmou o relato da mãe: “Eu só conheço algumas letras, mas, adoro ler”, solta o menino enquanto folheia um livro da Turma da Mônica, de Maurício de Sousa.

 

Foto: Andreyse Porto