Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 25/06/2018

Daniela Araújo rejeita vitimismo, admite erros e projeta recomeço: “Não é bom ter vida dupla”

Uma nova fase. É isso que Daniela Araújo, 33 anos, projeta para seu atual momento, após ter sido o centro de uma polêmica que evidenciou seus problemas com abuso de álcool e drogas, além de dificuldades relacionadas ao temperamento.

 

“Não é bom ter uma vida dupla e nem se vitimar. É preciso se assumir. O certo é ser humilde, admitir o erro e buscar ajuda”, disse Daniela, que se apresentou pela primeira vez após o escândalo em maio, meses após cancelar sua agenda de shows.

 

Daniela Araújo foi arrastada para um escândalo com exposição pública em agosto de 2017, quando seu então namorado, Victor Romanini, divulgou áudios da cantora que expunham seu vício em drogas e um completo descontrole emocional. No auge da polêmica, a artista adotou uma postura de silêncio, quebrada apenas em outubro, quando pediu orações.

 

A cantora concedeu uma entrevista ao programa Promessas, do portal G1, falando sobre o lançamento de seu novo single, Ruídos, que mescla um pouco de autobiografia com a experiência sobrenatural de ouvir a Deus em meio à poluição “sonora” produzida pelo mundo.

 

“Ela [composição] veio num dia muito turbulento pra mim. Eu estava me sentindo sozinha e um pouco confusa, como se muitas coisas não fizessem mais sentido”, contou, explicando parte do processo criativo.

 

Recomeço

 

Logo após o turbilhão de críticas e manifestações de apoio na repercussão do escândalo, Daniela Araújo passou um período na Estância Paraíso, um retiro mantido pela Igreja Batista da Lagoinha (IBL) e administrado pela pastora Ezenete Rodrigues, que se dedica ao aconselhamento das pessoas que recorrem ao local, e admitiu que o medo foi o combustível para as escolhas erradas.

 

“Pra. @ezeneterodrigues, obrigada pela paciência e por me ensinar, durante todo esse tempo que fiquei na Estância, que a graça de Deus superabunda o pecado. Obrigada por disponibilizar a sua equipe para acompanhar a minha jornada que está apenas começando. Amo muito vocês e já estou com saudades! Até breve!”, escreveu nas redes sociais, à época.

 

Em janeiro deste ano, a cantora publicou uma carta aberta em três partes, desabafando sobre todo o cenário e pedindo a Deus que continuasse manifestando sua misericórdia.

 

“Deus, continue me inspirando, não retire de mim o Teu Espírito. Por favor, Deus, eu quero discernir a Tua voz dentro do meu ser, então cala todos os ruídos! Nós precisamos voltar à essência da adoração e sentir Tua manifestação em nós. Olha pra gente e nos abrace com Teu amor! Eu Te amo e Te adoro desde que nasci e isso nunca vai mudar! Eis-me aqui! Eis-me aqui! Eis-me aqui!”, clamou.

 

 

Gospel +