Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 20/11/2014

Deputado propõe o ensino do criacionismo nas escolas

artagao-620x412 O deputado paranaense Artagão Júnior (PDMB) apresentou um projeto que tem gerado polêmica no estado: o ensino do criacionismo nas escolas. O projeto apresentado por ele defende que a visão de que Deus criou o universo e tudo que nele há seja difundida para os alunos do ensino base.

 

Na semana passada o projeto estava na pauta da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Paraná, porém os parlamentares adiaram a votação até que a Secretaria Estadual de Educação dê um parecer sobre a proposta do peemedebista.

 

A justificativa do deputado é que as crianças precisam conhecer as duas teorias, tanto o evolucionismo que já faz parte do currículo escolar como do criacionismo sem que gere uma confusão em suas mentes.

 

“Ensinar apenas o evolucionismo nas escolas é ir contra a liberdade de crença de nosso povo”, escreveu Artagão no texto do projeto.

 

Segundo o jornal Gazeta do Povo a proposta já havia sido apresentada em 2007 e acabou sendo arquivada. Na visão do deputado não há nenhuma inconstitucionalidade no seu texto. “Não estou impondo nada nem dizendo o que é certo ou errado. Mas é importante a discussão de um tema em que a grande maioria da população acredita”.

 

Outros deputados paranaenses pensam como ele. “Justamente pelo fato de o Estado ser laico, ele pode contribuir com o diálogo religioso”, disse o deputado Péricles de Mello (PT), ex-presidente da Comissão de Educação da Assembleia.

 

Péricles pediu, porém, que visões não teístas sobre a criação do universo também sejam ensinadas. Para o petista é necessário que o ensino do criacionismo não seja obrigatório e que todos os temas sejam escolhidos por um conselho.

 

Gospel Prime-Sandro Nascimento/Alep