Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 05/05/2017

Deputados evangélicos repudiam voto do Brasil contra Israel

Um grupo de parlamentares participou nesta quarta-feira (3), de um almoço na Embaixada de Israel em Brasília. Havia membros das bancadas Evangélica e Católica, bem como da Frente Parlamentar em Defesa da Vida e da Família. O evento contou com a presença do novo Embaixador de Israel, Yossi Avraham Shelley.

 

O objetivo declarado do encontro era os deputados demostrarem sua insatisfação e repúdio à posição do governo Temer, que manteve a prática do PT de ficar a favor dos Palestinos em detrimento de Israel.

 

No último dia 2, o Brasil deu novo voto favorável à resolução da Unesco – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura – que nega a soberania de Israel sobre a cidade de Jerusalém.

 

A redação do texto foi apresentada por Argélia, Egito, Líbano, Marrocos, Omã, Qatar e Sudão, todos de maioria islâmica.

 

Os parlamentares presentes na embaixada, bem como as entidades judaicas, manifestaram seu descontentamento. A Confederação Israelita do Brasil (Conib) disso que a resolução é mais uma tentativa lastimável e persecutória dos países patrocinadores da resolução e da Unesco de tentar negar os inquebrantáveis laços do povo judeu com Jerusalém.

 

Sóstenes Cavalcante (DEM/RJ), que também é pastor evangélico, declarou: “Faço do pronunciamento da Conib, minhas palavras. ‘De fato, esse voto não representa os princípios da nação brasileira e ofende a memória de Osvaldo Aranha e dos heróis do Itamaraty que, arriscando suas carreiras, combateram o Holocausto. É uma página triste de nossa história’ ”.

 

Já o vice-presidente da Frente Parlamentar Evangélica, Victório Galli (PSC/MT), anunciou que a reunião foi “para reforçar nosso apoio a Israel”. Acrescentou ainda: “Faremos uma sessão solene na Câmara dos Deputados em homenagem a Israel para demonstrar nossa posição e declararmos repúdio pelo voto dado na UNESCO, que contradiz os relatos históricos sobre a cidade de Jerusalém”.

 

GOSPEL PRIME