Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 09/05/2016

Desempregados apelam à fé por recolocação no mercado

serie-fe

Em tempos de crise a população busca apoio na fé para enfrentar as dificuldades e é isso que milhares de brasileiros estão fazendo: recorrendo a terreiros e templos para pedir recolocação no mercado de trabalho.

 
Quase 11% da população brasileira está desempregada, conquistar um emprego enquanto as empresas estão fechando suas portas faz com que os trabalhadores clamem por um milagre.

 
Para isso eles recorrem a cultos em igrejas evangélicas, católicas, centros espíritas, terreiros de religiões afro-brasileiras e outras religiões.

 
O jornal O Dia conversou com o pastor Josué Valandro Junior, da Igreja Batista Atitude, na Barra da Tijuca (RJ), que resolveu criar um projeto para ajudar os fiéis que estão desempregados.

 
“Na igreja, levantamos quem pode oferecer curso profissionalizante para essas pessoas, oficinas de como fazer um currículo, além de relação interpessoal, para que os trabalhadores sejam indicados à vaga”, explica o pastor que deixa claro que pessoas de qualquer religião e não religiosos também podem participar da campanha “Eu tenho atitude contra o desemprego”.

 
Nos centros de umbanda os pedidos de emprego são feitos a Ogum, o São Jorge da Igreja Católica, que é conhecido como santo guerreiro. Ao jornal, o faxineiro José Ferrer, 50 anos, afirmou que conseguiu um emprego depois de pedir ajuda à entidade.

 
“Aumentou minha renda e a notícia veio no dia do santo. Vou pagar as contas de casa. Isso é muito bom”, disse ele que ficou um ano fazendo “bicos” para viver.

 

ploh

 
Na Arquidiocese do Rio a busca por um “milagre de trabalho” também é grande, tanto é que no Dia do Trabalhador a Igreja da Penha realizou uma programação especial com uma missa para todos os trabalhadores.

 

 

GOSPEL PRIME