Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 23/03/2017

“Deus usará este inferno para realizar um milagre”, diz cristão iraquiano

Em parte do Oriente Médio, os jihadistas islâmicos vêm devastando cidades, matando pessoas e destruindo todos os traços de cristianismo. Em especial no Iraque e na Síria, onde o Estado islâmico tentou criar um califado.

 

Apesar de milhares de cristãos terem abandonado suas casas e cidades, famílias inteiras estão voltando para as ruínas do que um dia chamaram de lar. Muitos perderam amigos e familiares, mortos pelos radicais. Mesmo assim, dizem que continuam confiando que Deus irá restaurar suas vidas.

 

“Vemos só destruição à nossa volta”, disse Ryan Mauro, analista de segurança nacional que está na antiga cidade de Qaraqosh, Iraque. Ele mostra como os alvos preferenciais do ódio eram os cristãos. O Estado Islâmico derrubou casas cristãs e depois saqueou e incendiou as igrejas.

 

No entanto, os cristãos continuaram firmes. “Em algumas ocasiões, dizemos que não adoramos um Deus de edifícios. Nosso Deus está aqui”, afirma um líder local, apontando para o coração.

 

Alguns dizem que sua fé é ainda mais forte do que era antes. Ryan tem conversado com várias pessoas e diz que eles pretendem reabrir a igreja queimada e enchê-la com uma multidão ainda maior que antes. Segundo o analista, “Para eles, Deus usará esse inferno que eles suportaram para realizar um milagre.”

 

Os cristãos locais continuam orando pelo dia em que verão suas cidades serem restauradas. Enquanto isso aguardam que o presidente Trump faça esforços concretos para pôr um fim definitivamente na guerra.

 

GOSPEL PRIME