Dicas

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 14/07/2017

Dicas: o que é necessário saber antes de comprar terreno em Feira

Para ter a certeza de um bom negócio, é preciso consultar um profissional legalmente habilitado para exercer a função de vender, apresentar e fechar uma transação imobiliária com segurança.

 

Independente da finalidade do terreno é importante conhecer o zoneamento da região pretendida, antes mesmo de analisar e pesquisar valores, pois ele estabelece as diretrizes do crescimento da cidade, definindo os espaços residenciais, comerciais, industriais e mistos, além de prever as taxas de ocupação com a porcentagem máxima das construções.

 
Em Feira de Santana, a porcentagem de terrenos vendidos e comprados de forma irregular é grande. São quase 70% de imóveis construídos de forma irregular. Pensando nisso, o jornal FOLHA DO ESTADO alerta o consumidor contra futuros problemas. Está pensando em comprar um terreno? Então, se atente a essas dicas:

 

Em quais os pontos o comprador tem que focar no ato da compra?

 

“Se for em imobiliária, o comprador deve pedir a documentação do imóvel e avaliar se o registro realmente está em dias. Após isso, ir até o imóvel e verificar se esse atende aos requisitos que estão no documento e então, poderá entrar em negociação”, afirma Joaquim Barreto, corretor de imóveis há 43 anos em Feira de Santana.

 

Quais os perigos que existem no ato da compra?

 

“Pessoas de má fé podem vender até lagoas, afirmando ser um bom terreno. Assim como também, terrenos sem documentação, com documentação rasurada e fraudulenta. Por isso, é sempre importante que haja verificação de cada ponto do documento e contrato”, completa Barreto.

 

Em entrevista ao jornal FOLHA DO ESTADO, a Superintendente do PROCON/FSA, Suzana Oliveira, também esclareceu algumas dúvidas:

 

Como o comprador lesado deve agir ao perceber que caiu em um golpe?

 

A pessoa, ao perceber o golpe, deve procurar a Vara Cível. Nesses casos, o que cabe realmente é a restituição do valor pago. “Nós do PROCON, já recebemos denúncias de casos dessa vertente, nós processamos a denúncia e entramos em contato com o fornecedor, mas é difícil de resolver na via administrativa, porque, geralmente, esses golpes são feitos por pessoas físicas”, conta.

 

Quais são as orientações que o consumidor deve ter, antes de efetuar o pagamento da compra de um terreno?

 

“As prefeituras e os municípios onde estão localizados os respectivos terrenos, tem informações em seu cadastro imobiliário que são muito úteis neste momento de compra. A prefeitura vai te dizer de quem é o lote, como está a situação cadastral, se há IPTU’s em aberto há vários anos seguidos, dentre outras informações importantes”, completa.

 

Também em conversa com o jornal FOLHA DO ESTADO, o tabelião Valdemir Sena responde alguns questionamentos:

 

Há pessoas de má fé em Feira de Santana que vendem um falso terreno a umas ou mais pessoas?

 

Sim, em Feira de Santana o que está acontecendo com bastante constância é a invasão de propriedade. “Assim, pessoas de má índole, aproveitam essas e as vendem de forma ilegal e exacerbada”, conta Valdemir.

 

Há possibilidade de um terreno conter duas escrituras?

 

“Sim, um terreno pode conter dois “donos”. Onde um faz uma escritura em um cartório e outro em outro cartório. Se alguém for fraldado e tiver duas escrituras, se for falsificação, o tabelião apreende e encaminha à delegacia para registro de ocorrência. Não é a função de um tabelião investigar, mas uma vez que ele detecta alguma fralde, encaminha para as autoridades responsáveis”, explica o tabelião.
FOLHA DO ESTADO