Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 23/07/2014

Dunga é anunciado oficialmente como novo técnico da Seleção Brasileira

download (1) Dunga é o novo treinador da Seleção Brasileira. O nome do novo comandante foi oficializado durante entrevista coletiva desta terça-feira (22), na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro.

 

Demitido após a eliminação na Copa da África do Sul, em 2010, pelo então presidente Ricardo Teixeira, Dunga volta ao cargo por indicação de Gilmar Rinaldi, amigo do treinador desde os tempos de Inter, no fim da década de 1980. Gilmar, nomeado diretor de seleções, na semana passada, sugeriu o nome. José Maria Marin, atual presidente da CBF, e Marco Polo Del Nero, eleito para assumir a presidência em 2015, aceitaram de pronto a sugestão e passaram a negociar com Dunga. O contrato com o treinador teria sido fechado na sexta à noite.

 

A carreira de Dunga como treinador é pequena. Começou na Seleção em 2006. Ao sair depois do Mundial de 2010, passou dois anos e meio fora do mercado. Voltou a ter experiência no Internacional, no início do ano passado, e ficou por dez meses no cargo.

 

Apesar da pouca rodagem, Dunga tem números positivos no comando da Seleção Brasileira. Foram 60 jogos e dois títulos conquistados, a Copa América de 2007 e a Copa das Confederações de 2009. Entre amistosos e jogos oficiais, o retrospecto tem 42 vitórias, 12 empates e seis derrotas, o que dá um aproveitamento de 76,6% dos pontos.

 

Eliminatórias

 

A partir do ano que vem, o Brasil começará a disputar as eliminatórias da Copa. Antes do Mundial de 2010, a Seleção conseguiu encerrar a classificação com a primeira colocação. Dos adversários que vai enfrentar para estar no Mundial da Rússia, Dunga encarou todos. Foram 17 vitórias, oito empates e três derrotas. As duas pedras no sapato foram Bolívia (um empate e uma derrota) e Colômbia (dois empates).

 

As informações são do Correio.