Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 18/09/2014

É faz de conta, dispara Calmon sobre os órgãos públicos

download A candidata ao senado federal, Eliana Calmon (PSB), soltou o verbo durante entrevista em uma rádio local ao ser questionada sobre o funcionamento dos órgãos de controle do país. Para Calmon, as instituições funcionam como um braço do governo é tudo um faz de conta. Tribunais de Conta, Corregedoria, Ouvidoria, Ministério Público, a própria Justiça de onde eu sai, que tenho muito apreço, funciona a passos de cágado. Pagamos caro por esses órgãos e eles não funcionam, estão todos aparelhados com o governo.”, revelou.

 

Para a magistrada, a lei da transparência sancionada em 2009 que obriga a divulgação dos gastos públicos, ainda não vingou, “O problema do Brasil não está na ausência das leis, e sim na falta da execução delas. A lei da transparência, por exemplo, ainda não pegou em todas as instituições nacionais. Tem muita coisa por trás do biombo, uma cortina de fumaça e é preciso que as coisas que se passam dentro do governo tenham transparência.”, finalizou.

 

Bocão News